O Amazon Web Services criou um conjunto de práticas recomendadas para a execução de sistemas na nuvem, que eles chamaram de AWS Well-Architected Framework.

O objetivo é uma revisão das arquiteturas e processos que estão em produção.

A metodologia (Framework) é realizada por engenheiros certificados da Sky.One que trabalham com um conjunto com o cliente revisando a arquitetura e processos através de perguntas estruturadas e avaliações do ambiente para estabelecer o alinhamento com as melhores práticas recomendadas pela AWS.

1. Identificamos todas as cargas de trabalho, os processos associados e a segurança que foi estabelecida.

2. Aplicamos o questionário de assessment com as 46 questões estruturadas nos cinco pilares estabelecidos na metodologia:
a) Excelência operacional
b) Segurança
c) Conformidade
d) Performance
e) Otimização de custo

3. Como resultado final sua empresa receberá um documento com a análise dos pontos que necessitam ser melhorados, os riscos associados e os ganhos de desempenho e custos

Um parceiro Well-Architected da AWS necessita ter profundo conhecimento e experiência prática comprovada na gestão de ambientes. A Sky.One está entre os poucos parceiros da AWS preparados para aplicar o framework.

Nossa função vai muito além de arquitetar, construir, migrar e otimizar ambientes em nuvem, ajudamos nossos clientes a extrair o máximo do seu ambiente na AWS de forma segura, confiável e com retorno sobre os custos.

Os 5 pilares do AWS Well-Architected Framework
O AWS Well-Architected Framework fornece as melhores práticas estruturadas em cinco pilares para projetar e operar sistemas confiáveis, seguros, eficientes e econômicos na nuvem AWS. O Framework fornece um conjunto de questões que permitem revisar uma arquitetura existente ou que será criada fornecendo um conjunto de práticas recomendadas para cada pilar. A incorporação desses pilares da arquitetura ajuda a produzir ambientes estáveis e eficientes.

Excelência operacional
O pilar de excelência operacional se concentra em executar e monitorar sistemas para entregar valor empresarial e melhorar continuamente processos e procedimentos. Os principais tópicos incluem gerenciamento e automação de alterações, reação a eventos e definição de padrões para gerenciar com êxito as operações diárias.

Segurança
O pilar de segurança busca minimizar os riscos das informações e sistemas. Os principais tópicos incluem confidencialidade e integridade de dados, identificação de quem pode fazer o quê com o gerenciamento de privilégios, proteção de sistemas e estabelecimento de controles para detectar eventos de segurança.

Confiabilidade
O pilar de confiabilidade avalia a capacidade de evitar e recuperar rapidamente os ambientes para atender a demanda do negócio. Os principais tópicos incluem elementos básicos sobre configuração, requisitos entre projetos, planejamento de recuperação e como lidamos com as mudanças.

Performance
O pilar de performance procura entender qual o uso eficiente dos recursos. Os principais tópicos incluem seleção dos tipos e dos tamanhos certos dos recursos, tomando como base os requisitos de carga de trabalho, a performance do monitoramento e a tomada de decisões fundamentadas para manter a eficiência à medida que as necessidades comerciais evoluem.

Otimização de custos
A otimização de custos visa evitar gastos desnecessários. Os principais tópicos incluem compreensão e controle de onde o dinheiro está sendo gasto, seleção do número certo e mais adequado dos tipos de recurso, análise dos gastos ao longo do tempo e escalabilidade para atender às necessidades de negócios sem gastar excessivamente.

Entenda o AWS Well-Architected
Para te ajudar a entender melhor sobre o AWS WellArchitected Framework, respondemos algumas dúvidas frequentes

O que é o AWS Well-Architected Framework?
O Amazon Web Services criou um conjunto de práticas recomendadas para a execução de sistemas na nuvem, chamada de AWS Well-Architected Framework.

O objetivo é uma revisão das arquiteturas e processos que estão em produção. A aplicação da metodologia (Framework) é realizada por engenheiros certificados da Sky.One que trabalham com um conjunto com o cliente revisando a arquitetura através de perguntas estruturadas e avaliações do ambiente para estabelecer o alinhamento com as melhores práticas recomendadas pela AWS

Por que realizar uma revisão de arquitetura?
A AWS é uma plataforma em rápida evolução: novos recursos são frequentemente lançados para melhorar fatores críticos como segurança, custos e eficiência. Com o tempo, qualquer ambiente computacional necessita sofrer revisões frequentes, não aplicar correções ou melhorias implica em correr riscos, custar mais caros, comprometer o desempenho, a eficiência e principalmente ter vulnerabilidades.

Avaliar seus sistemas em relação às melhores práticas comprovadas é uma maneira eficaz de resolver essas questões. As revisões oferecem clareza e foco em um ambiente em constante mudança, permitindo problemas e melhorias sejam identificadas, priorizadas e implementadas.

Quais são os benefícios?
Otimizar cargas de trabalho – Identificar oportunidades para otimizar os custos e re-arquitetar o ambiente para executar de maneira mais eficiente, confiável e econômica;

Mitigar riscos – Reduzir ou atenuar os riscos por meio de um melhor entendimento à medida que você constrói ou otimiza suas arquiteturas atuais;

Acelerar e inventar – Descobrir novos serviços que ajudam a melhorar os serviços contratados e responder mais rapidamente às necessidades do negócio.

O Framework é uma auditoria?
A revisão do ambiente precisa ser realizada de maneira consistente, que incentive aprofundamento nas cinco dimensões (pilares) estratégicos: excelência operacional, segurança, confiabilidade, eficiência de performance e otimização de custos. Deve ser um processo leve, de horas, e que seja uma conversa e não uma auditoria. O objetivo de revisar o ambiente é identificar quaisquer problemas críticos que necessitam ser abordados ou áreas que possam ser melhoradas. O resultado é um conjunto de ações que devem melhorar a totalidade do ambiente.

Uma abordagem contínua permite responder às necessidades à medida que o ambiente evolui e novos serviços são lançados.

O AWS Well-Architected está alinhado à maneira como a AWS analisa sistemas e serviços internamente?
Sim, o AWS Well-Architected tem como premissa um conjunto de princípios de design que influencia a abordagem arquitetural e perguntas que garantem que as pessoas não negligencie áreas que geralmente são apresentadas na Análise de Causa Raiz. Sempre que houver um problema significativo com um sistema interno, serviço da AWS ou cliente, examinamos o Análise de Causa Raiz para ver se poderíamos melhorar os processos de revisão que usamos.

Quanto tempo leva a aplicação da metodologia?
O assessment inicial normalmente é executada em três ou quatro horas. Em ambientes complexos, que necessitam um aprofundamento maior, estimamos três dias. Deve-se reservar mais duas horas para discutir os resultados e as recomendações.

Quanto custa a aplicação da metodologia?
Estimamos o custo total em função da densidade e complexidade do ambiente. Comumente os projetos variam em torno de R$ 15.000,00 a R$ 45.000,00. Se sua empresa contratar nosso serviço de sustentação de ambientes em nuvem, a aplicação da metodologia é gratuita.

Quem da sua empresa precisa se envolver?
É importante a participação dos principais envolvidos com as aplicações e que suportam o ambiente. Recomendamos a presença de pelo menos uma pessoa de cada área. Para uma carga de trabalho típica, isso normalmente envolve as seguintes funções: Engenheiro de Infraestrutura, DBA, DevOps, Desenvolvedor, Equipe de Suporte e Equipe de Segurança.

Quais são os pré-requisitos que necessitamos para iniciar o framework?
Assinatura do NDA para garantir a relação entre as partes;
Liberação de um usuário com propriedades somente de leitura no IAM para acesso ao console da AWS;
Kickoff inicial de 30 minutos para confirmar o escopo do trabalho e discutir a necessidade dos pré-requisitos;
A documentação existente sobre o design do ambiente, incluindo diagramas de arquitetura;
Informações ou acesso a ferramentas de monitoramento que existirem e não estão liberadas no console da AWS.

Por que necessitamos acessar sua conta da AWS?
Porque iremos acessar o Well Architected Tool com seu ID e criar todo o relatório para notificar a AWS que o processo está sendo feito.

A aplicação da metodologia deve ser feita uma única vez?
Nossa experiência tem demonstrado que os cinco pilares estratégicos (excelência operacional, segurança, confiabilidade, eficiência de performance e otimização de custos) são dinâmicos e devem ser revistos com frequência.

A Sky.One preparou um serviço específico, que chamamos de “sustentação de ambientes em nuvem”, que atende os cinco pilares.

Quais são as fases do trabalho?

IMAGEM

O que pode acontecer entre a fase de entendimento e análise?
Durante a fase de entendimento e análise procuramos conhecer o ambiente, os processos, a segurança e quais regulatórios a empresa deve cumprir, aplicando as melhores práticas da AWS. Neste momento, podemos encontrar a necessidade de uma “remediação” imediata em função de situações de exposição de riscos. Neste caso, geramos um documento extra de riscos com as recomendações de remediação imediata.

Depois que o trabalho de correção estiver concluído, o que vêm a seguir?
Recomendamos a execução de uma revisão bem arquitetada de três a seis meses para cada carga de trabalho distinta. Isso permitirá que você veja as melhorias, compare os novos resultados da revisão com a primeira e avalie o status atual da carga de trabalho em relação às melhores práticas em evolução

Existem objeções na aplicação da metodologia?
Embora o valor da aplicação da metodologia seja bastante claro para a maioria dos envolvidos, após iniciarmos, você pode descobrir que uma parte da sua equipe pode ser resistente no primeiro momento, mas que pode ser resolvido por meio de esclarecimento sobre os benefícios e uma determinação clara dos objetivos que buscamos alcançar.

Aqui estão as três objeções mais comuns:

Objeção: “Estamos muito atarefados”
Argumentação: Se você está se preparando para um grande lançamento, deseja que ele corra bem. A revisão permitirá que você entenda os problemas que você pode ter no futuro.

Objeção: “Não temos tempo para fazer melhorias agora, estamos sobrecarregados e temos muitas implementação pendentes”
Argumentação: Os projetos não vão parar. Entregar novas funcionalidades ou cargas de trabalho sem avaliar os riscos é muito crítico. Mesmo se você não implementar todas as recomendações listadas na metodologia, saber quais são, priorizar e executar em fases é a melhor forma de mitigar riscos. O pior risco é o que não conhecemos!

Objeção: “Não queremos que outras pessoas saibam os segredos da implementação da nossa solução”
Argumentação: Primeiro, estabelecemos um NDA para garantir ambos os lados, segundo, as perguntas e a avaliação não buscam por segredos de negócios ou qualquer profundidade nos códigos das aplicações envolvidas. Não temos acesso a nenhum código fonte e não buscamos informações que violem propriedade comercial ou técnica.