Sobre a empresa

A Hexagon Agriculture foi fundada em 2014, resultado da junção da ILab Sistemas, Arvus Tecnologia e Leica Agriculture, em uma fusão comandada pelo grupo sueco Hexagon, sediada em Londres. Hoje, a companhia é uma das principais referências do Brasil na venda de sistemas para agricultura de precisão. Com grande penetração no mercado nacional, a empresa tem expertise em fornecimento de tecnologia para produtores de cana-de-açúcar e celulose, além de ter influência em regiões estratégicas da América Central. No Brasil, a Hexagon mantém escritórios nas cidades de São Paulo, Ribeirão Preto e Florianópolis. Além disso, conta com unidades na Espanha, China e Austrália.

Desafio

Quando a Hexagon fechou a compra de uma das empresas do novo grupo, a ILab, a orientação foi clara: era preciso modernizar os sistemas de armazenamento de dados. Naquela ocasião, por mais eficientes que fossem os sistemas de gestão, os custos com manutenção, instalação e consultoria sugavam boa parte do faturamento da empresa. Com uma tendência de mercado voltada para a computação em nuvem, não restou dúvidas de que aquela seria a melhor solução. Por meio de um representante em São Paulo, a ILab foi em busca da Sky.One. “O mais importante era disponibilizar nossos softwares com mais facilidade”, destaca Tarcísio Mello, diretor comercial da Hexagon Agriculture.



Solução

Com cerca de 200 clientes em seu portfólio, as demandas deverão ser simplificadas a partir da parceria com a Sky.One. “Com o hardware tradicional, o processo é mais longo. Precisamos nos deslocar para fazer as instalações e os custos de manutenção são altos”, explica Mello. Com a solução em nuvem, os processos ficam mais simples. Segundo ele, os próprios clientes já buscavam uma tecnologia mais eficiente e que representasse menos gastos. Outro ponto importante é a redução do preço das viagens para atender clientes estrangeiros. Normalmente, é preciso cruzar o continente para levar um equipamento ou, até mesmo, fazer uma reunião. Entretanto, com a tecnologia em nuvem, grande parte dos processos pode ser realizado de maneira remota.

Resultados

A aplicação da tecnologia da Sky.One ainda está em fase inicial na Hexagon. De acordo com Mello, a empresa está trabalhando com uma pré-venda, onde o usuário tem a possibilidade de testar o novo sistema e dar o feedback ao fornecedor. Mesmo assim, em estágio embrionário, há grandes expectativas em relação à nuvem. Entre os principais avanços, acredita-se que a parceria vem para se adequar a um movimento de mercado. Para completar, no final das contas, a Hexagon sai ganhando com uma melhora em sua infraestrutura de atendimento. “Precisamos dar opção ao nosso cliente. Ele precisa saber que nosso produto atende as novas demandas tecnológicas”, pontua Mello.

“O mais importante era disponibilizar nossos softwares com mais facilidade. Com o hardware tradicional, o processo é mais longo. Precisamos nos deslocar para fazer as instalações e os custos de manutenção são altos. Precisamos dar opção ao nosso cliente. Ele precisa saber que nosso produto atende as novas demandas tecnológicas”

Tarcísio Mello
Diretor Comercial da Hexagon Agriculture