É evidente que a pandemia do COVID-19 transformou a rotina de milhares de profissionais, fazendo com que muitos migrassem para o regime home office. Desta forma, a conexão remota, tornou-se crucial para a sobrevivência das empresas neste momento.

A conexão remota é feita a partir de tecnologias que permitem que um computador consiga acesso a um servidor privado, por meio de outro computador que não está fisicamente conectado à rede.

Precisando de acesso remoto para a sua empresa? Conheça abaixo os três principais tipos de acesso remoto.

1. Terminal Service

Uma das conexões mais utilizadas, o terminal service conta com fácil implantação e é uma ótima opção para os profissionais que desejam realizar o acesso a um computador remoto  por meio de  outro computador, como por exemplo, acessar o computador da empresa ou servidor através de um outro dispositivo. Desta maneira, a tecnologia, permite que vários usuários utilizem um mesmo sistema simultaneamente, em um mesmo servidor.

Seus principais benefícios incluem redução de gastos, acesso simultâneo e centralização de informações. Entretanto, esse tipo de conexão não possui criptografia se não configurada de forma adequada, gerando falhas na segurança de comunicação com esses ambientes.

2.VPN – Virtual Private Network

A VPN, também conhecida como Rede Privada Virtual, trata-se de uma rede particular que estabelece uma conexão entre dois pontos através de uma rede pública, como a internet, por exemplo. Diferente da conexão Terminal Service, a VPN conta com conhecimento avançado em rede para configuração e é criptografada.

Atualmente, existem tipos diferentes de VPN, são eles: PPTP (Point-to-Point Tunneling Protocol), IPSec (Internet Protocol Secure – segurança de protocolo de internet) e Site to Site (Roteador a roteador).

3. Nuvem

Tanto a conexão Terminal Service, quanto VPN, podem ser utilizadas quando os recursos ou dados estão disponíveis localmente ou até mesmo na nuvem. Porém, quando um sistema está na nuvem, além da mobilidade, é possível realizar a navegação de diversas formas como acesso via terminal services, aplicação remota, acesso HTML5 e por páginas da web. Além disso, você pode obter dados criptografados, baixo consumo na conexão e também backup seguro e automático.

Atualmente, migrar para a nuvem deixou de ser um projeto de meses, podendo ser até realizado horas, possibilitando que o usuário tenha acesso ao seu ambiente completo, com banco de dados instalado e usuários configurados.  

Para saber qual é o modelo ideal para a sua empresa, tenha sempre em mente questões como:

  • O nível da importância dos dados que estão sendo acessados;
  • O quanto a sua empresa está disposta a correr o risco de expor seus dados;
  • A latência (VPNs exigem muito na conexão).

Viveremos o “novo normal”, onde muitas empresas pretendem manter o modelo home office para os seus colaboradores. Se este for o caso da sua empresa, tome decisões pensando a longo prazo. O acesso remoto permite entregar muitos benefícios para as empresas, além de otimizar e facilitar a disseminação de informações. Por isso, pense com cuidado e escolha sempre um parceiro de confiança para te apoiar em todas as etapas do processo.

Para saber mais sobre este assunto cada vez mais estratégico para a competitividade da sua empresa, clique aqui e encontre a solução em nuvem da Sky.One mais adequada para o seu negócio!