No mercado de tecnologia, já está claro para todos que vivemos na era dos dados. E a quantidade de informação gerada no dia a dia das empresas precisa estar organizada, além de segura. Afinal, para administrar um negócio de maneira eficaz, seus dados não podem ser uma bagunça. É por isso que o banco de dados cumpre com um papel essencial!

Na prática, você sabe o que é um banco de dados? Entende a importância dele para qualquer operação?

Em resumo, podemos dizer que o banco de dados cumpre com papéis como:

  • pode ajudá-lo a organizar informações sobre seus clientes;
  • consegue armazenar informações sobre o seu inventário de produtos;
  • permite rastrear vendas, despesas e outras informações financeiras.

É por isso que preparamos um conteúdo completo para contar em detalhes o que é banco de dados e quais os principais tipos que pode utilizar na prática.

O que é banco de dados?

Um banco de dados é uma coleção de informações ou dados organizados de forma que possam ser acessados, gerenciados e recuperados com facilidade.

Por isso, o ambiente do banco de dados envolve como elementos principais o hardware, software, procedimento, os dados em si e os usuários.

  • o hardware inclui peças e dispositivos físicos;
  • o software é o sistema operacional e o sistema de gerenciamento de banco de dados;
  • os procedimentos envolvem um conjunto de regras que governam o design e o uso do banco de dados;
  • os dados são uma coleção de informações
  • e os usuários podem ser administradores ou usuários finais que usam o banco de dados para acessar determinados tipos de dados.

O método de organização pode variar de acordo com a finalidade, o tipo de dados ou outros fatores, mas, em sua essência, todos os bancos de dados consolidam dados em um único local digital.

Mas uma tendência de mercado que vem acontecendo ao longo do tempo é a migração do banco de dados para a nuvem, ação importante para todas as empresas.

Quais os principais sistemas de gerenciamento de banco de dados?

Existem muitas opções quando se trata do tipo de banco de dados que uma empresa pode querer implementar. Cada um tem seus próprios benefícios que o ajudam a desempenhar uma função específica. Alguns podem ser inclusive utilizados via AWS.

Para ajudar você a conhecer os principais, vamos apresentar 5 sistemas de gerenciamento de banco de dados.

1. Oracle Database

O Oracle Database – ou Oracle DB – é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional da Oracle. Originalmente desenvolvido em 1977, esse é um dos mecanismos de banco de dados relacional mais confiáveis ​​e amplamente utilizados no mundo. Por ser multiplataforma, pode ser executado em vários sistemas operacionais diferentes.

Essa opção conta com diversos recursos que popularizaram o seu uso ao longo do tempo, como é o caso do particionamento, do armazenamento em cache da memória e do Clustering, que permite o funcionamento sem interrupção dos serviços, caso um ou mais servidores em um cluster falhem.

Vale ressaltar que as empresas que utilizam o Oracle Database terão que mudar seus licenciamentos para a nova versão, a Database 19c, para continuarem a ter suporte da Oracle.

2. SQL Server

O SQL Server é o sistema de gerenciamento de banco de dados da Microsoft. Ele funciona no modelo relacional (utiliza a linguagem SQL, Structured Query Language), e suporta uma ampla variedade de aplicativos de processamento de transações, inteligência de negócios e análises em ambientes corporativos de TI.

O Microsoft SQL Server é uma das três tecnologias de banco de dados líderes de mercado, e inclui um mecanismo que processa comandos e consultas junto de outro mecanismo de armazenamento que gerencia arquivos de banco de dados, tabelas, páginas, índices, buffers de dados e transações.

3. MySQL

O MySQL é um gerenciador de banco de dados de código aberto, e por isso é bastante popular. Ele trabalha com um modelo cliente-servidor: os computadores que instalam e executam o software são chamados de clientes, e sempre que eles precisam acessar dados, eles se conectam ao servidor.

Ser um gerenciador de código aberto significa que você é livre para usá-lo e modificá-lo. Qualquer um pode instalar o software e também aprender e personalizar o código-fonte para melhor atender às suas necessidades. A versão licenciada comercialmente está disponível se você precisar de uma propriedade mais flexível e suporte avançado.

4. PostgreSQL

O PostgreSQL é mais um sistema de banco de dados com código aberto, e é reconhecido no mercado por ser o mais avançado entre esses tipos (como é o caso do MySQL).

Uma característica importante do PostgreSQL é que ele requer esforços mínimos para ser mantido por causa de sua estabilidade. Portanto, se você desenvolver aplicações no PostgreSQL, o custo total é baixo em comparação com outros sistemas de gerenciamento de banco de dados.

5. Firebird DB

O Firebird é um banco de dados relacional, também de código aberto, que oferece muitos recursos padrão com a linguagem SQL que são executados no Linux, Windows e em uma variedade de plataformas Unix. Esse sistema oferece alto desempenho e um dos melhores suportes a idiomas do mercado.

Ele ainda fornece muitos recursos disponíveis para bancos de dados comerciais, incluindo procedimentos armazenados, replicação e backups disponíveis enquanto o banco de dados está em execução.

Agora que sabe todos os detalhes sobre o que é banco de dados e quais os tipos que pode utilizar, continue acompanhando nosso blog para não perder nenhuma novidade!

[su_button url=”https://skyone.solutions/pb/contato/” style=”3d” center=”yes” radius=”round” icon=”icon: check-circle” text_shadow=”0px 0px 0px “]Buscando soluções em nuvem e gerenciando de banco de dados?[/su_button]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.