Com o desenvolvimento da tecnologia mobile e o crescimento do fluxo de dados e informações que precisam ser compartilhados e armazenados no universo das empresas, o cloud computing vem deixando de ser uma tendência para se tornar uma necessidade. De acordo com uma pesquisa realizada pela IDG, em um universo de 200 empresas que utilizam serviços de tecnologia da informação, cerca de 15% dos seus gestores assumem ter implantado uma ou mais soluções envolvendo a nuvem.

Embora se trate de um percentual ainda pequeno, 68% das empresas pesquisadas declararam que pretendem analisar e buscam a implementação de soluções de nuvem no próximo ano, o que indica a formação de um mercado próspero. Mas porque a tecnologia vem se tornando a solução mais procurada pelos gestores e diretores de T.I das empresas? A resposta dessa questão é o que pretendemos abordar no post de hoje.

A demanda pelo cloud computing

Smartphones e tablets já fazem parte de uma realidade comum à todos nós e também vem se tornando uma ferramenta necessária no mundo corporativo. A grande revolução causada por esses dispositivos diz respeito à capacidade de inclusão de dados e consulta de forma remota e em tempo real. Isso significa que gestores, administradores e profissionais responsáveis pela tomada de decisão dentro da empresa não estão mais restritos ao espaço físico e podem ser muito mais eficientes, sem perder a assertividade e o olhar estratégico que esses cargos demandam.

Para que haja o armazenamento de dados e o fluxo de informações, no entanto, os antigos sistemas de software e hardware já não comportam a capacidade e a segurança necessárias para que a tecnologia mobile se torne eficiente. Por este motivo, o cloud computing se tornou uma verdadeira casa para quem participa dos processos de análise e tomada de decisões dentro do universo das empresas. A nuvem também representa um aumento da capacidade de ROI e agiliza o ritmo de inovação dentro das empresas.

Computação cognitiva

Com os sistemas de cloud computing, especialistas e técnicos de TI vem desenvolvendo plataformas que permitem a integração de dado internos e externos, aprimorando ainda mais a inteligência dos negócios a partir de um sistema de computação cognitiva.

Mas não é apenas as empresas que vem ganhando com isso. A migração de dados para a nuvem também flexibiliza a interação junto com clientes, fazendo com que a prestação de serviços siga para uma entrega on demand, ou seja, de acordo com as necessidades do cliente e conforme a sua solicitação.

A solução mais buscada pelas empresas, no entanto, ainda mescla os serviços da nuvem junto aos sistemas de software e hardware tradicionais. O que muitas empresas ainda não se deram conta é que a soluções aplicadas 100% em um sistema de cloud computing chegam a custar 60% menos comparando com as soluções que precisam ser tomadas no local. Isso sem contar o aprimoramento da agilidade e da eficiência proporcionada por esse tipo de solução.

A pesquisa que avaliou a tendência e a adoção da cloud computing pelas empresas também identificou os pontos que são considerados obstáculos na hora de adotar esse tipo de solução. Segundo os dados, ainda existe uma resistência à mudança de mentalidade. Poucos se deram conta de que o sistema pode ser muito mais intuitivo e fácil de manejar do que softwares e hardwares comuns. Outra questão é o número de dados presente com essas empresas que, contudo, não se encontram armazenados de forma segura, colocando em risco a alimentação do sistema.

A formula mágica, portanto, não existe e cabe as desenvolvedoras buscar alternativas que viabilizem segurança e agilidade para que o cloud computing se torne não apenas uma opção, mas também um caminho sem volta.

Você pensa em utilizar o cloud computing em sua empresa? Quer saber mais? Entre em contato com a Sky.One, parceira estratégica da AWS para soluções em nuvem![:]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.