Buscando sempre atender as necessidades dos consumidores, o setor varejista está em constante evolução. Influenciado pelo comércio eletrônico, o que temos hoje é um mercado em forte crescimento, aliado a um consumo interativo e conectado em toda a jornada de compra. A cloud computing participa como um dos elementos fundamentais deste processo evolutivo.

Ainda no contexto do setor varejista, a computação em nuvem é particularmente eficiente na coleta e análise de um enorme volume de dados das vendas e gerenciamento de inventário em tempo real. Os pontos de venda geram grandes quantidades de dados por dia e boa parte dos varejistas ainda não possuem os recursos necessários para capturar e transformar informações em decisões estratégicas. Existe um grande potencial com o uso da tecnologia.

O futuro do setor de varejo está na computação em nuvem

Neste processo evolutivo existem três áreas principais que os varejistas devem desenvolver:

  1. Inovação: à medida que ocorre esta constante evolução, a inovação é necessária para agiliazar este processo
  2. Agilidade: fator chave para ter a diferença de mercado, pois permite o rápido desenvolvimento e implantação de novas soluções
  3. Nova tecnologia: Para continuar sempre na frente da concorrência, será necessário investir em novas tecnologias e processos produtivos

Nesse contexto, a computação em nuvem surge como um recurso para os varejistas, criando a agilidade necessária para atrair o consumidor. É possível, por exemplo, adaptar ofertas para atender às expectativas dos clientes conectados digitalmente ao longo de sua experiência de compra.

Além disso, os varejistas passam a reconhecer a computação em nuvem como uma estratégia econômica que pode permitir a rápida adoção das mais recentes soluções do mercado. Existem aqueles no setor de varejo que estão começando a reconhecer o potencial da tecnologia da nuvem e estão aproveitando-a para criar vantagem competitiva.

Os benefícios da computação em nuvem para o varejo são numerosos e podem ser aplicados em diferentes áreas deste setor:

  • Marketing e merchandising
  • Controle de inventários
  • Pontos de venda
  • Cadeias de suprimento

Em comum entre as áreas que são beneficiadas pela cloud computing, há o desafio de transformar uma grande quantidade de dados, tanto internos como externos, em informações relevantes, procurar por novas ideias e padrões, e converter em decisões estratégicas.

A tecnologia em nuvem pode ajudar a personalizar a experiência na loja através da análise de dados digitais para entender completamente seus consumidores. À medida que os varejistas adotam e utilizam essa tecnologia, eles encontram o caminho do diferencial de mercado e a vantagem competitiva.

Por fim, um bom provedor de serviço na nuvem, a exemplo da AWS, pode facilmente ajudar o setor de varejo a entender seus padrões e tendências por meio de uma infraestrutura tecnológica. Com isso, torna-se possível criar modelos analíticos e facilitar a tomada de decisões.

Assim, os varejistas podem aumentar sua capacidade de prever o comportamento dos clientes e planejar os próximos passos. É possível, então, desenvolver programas de clientes, marketing, merchandising e estratégias de preços para atrair mais negócios.

A Sky.One ajuda sua empresa a reduzir em até 80% os seus gastos de infraestrutura de tecnologia com o uso da nuvem da AWS e as melhores soluções de mercado. Entre em contato com nosso equipe técnica e saiba mais.

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.