A adoção dos serviços de cloud computing está se tornando cada vez mais comum por parte das empresas que pensam em oferecer seus produtos e serviços ao mercado. Temos hoje em dia uma tecnologia consolidada, com vários casos de sucesso e, principalmente, ideias inovadoras que deram certo pelo fato de terem utilizado os recursos da nuvem ao seu favor.

Outro desafio que está sendo superado é a migração de soluções consideradas críticas e de alto risco para a adoção da nuvem. Uma grande barreira foi criada, mas hoje a tecnologia já demonstrou que isso é possível.

O uso de nuvem pública, privada e híbrida

O uso da nuvem se tornou a solução para que ocorra a migração das soluções de missão crítica, que possuem como características a alta disponibilidade, segurança e o alto impacto junto aos clientes, para a adoção dos serviços de cloud computing.

A nuvem privada, de uma forma geral, apresenta a mesma oferta de serviços e recursos que uma nuvem pública oferece, entretanto os custos relacionados à manutenção e gestão da estrutura ficam a cargo da empresa contratante da nuvem, tendo um custo maior. Em alguns casos, todo o datacenter utilizado é financiado pela empresa que possui a solução.

Já o uso de nuvens híbridas tem como característica mesclar o uso de nuvens públicas e privadas, com o objetivo de reduzir custos. A ideia é manter todas as operações críticas em uma arquitetura exclusiva; já as operações consideradas com nível reduzido de criticidade são migradas para a arquitetura pública.

A decisão sobre que tipo de arquitetura utilizar está relacionada ao tipo de solução que será hospedada na nuvem, utilizando como parâmetros a criticidade, alta performance, segurança e a necessidade de atender a exigências ou requisitos legais.

Pontos principais na adoção de uma nuvem privada ou híbrida

Além das questões de arquitetura e tipo de solução, existem dois pontos considerados cruciais para o processo de adoção dos serviços de cloud computing. São pontos que durante muito tempo foram impeditivos ou que dificultavam a adoção da nuvem. Os pontos são segurança e performance.

Pela necessidade de garantir nas soluções os requisitos de alta disponibilidade, segurança, prevenção e resposta a incidentes, as empresas precisam incluir em suas estratégias de cloud computing os seguintes processos e políticas:

  • Adotar as melhores práticas do mercado para a gestão de ativos e serviços
  • Estratégias voltadas a testes de segurança e performance de toda a arquitetura da solução
  • Auditoria em todos os processos que envolvem a gestão, suporte e segurança
  • Uso de organizações independentes que certifiquem a arquitetura e processos do produto
  • Verificação e validação rigorosa de todos os requisitos aplicados a soluções críticas e de alto risco (serviço de monitoramento, controle a incidentes, serviços de backup e recuperação, balanceamento de carga, etc)

Apesar da complexidade e alto custo atribuído ao uso de soluções de nuvem híbridas e privadas, hoje sua viabilidade e adoção já são realidade para diversas empresas que possuem soluções com perfil de alta criticidade ou alto risco associado.

Os pontos fundamentais para o sucesso de projetos como esse são o planejamento e o uso de pessoal especializado. Com a experiência e expertise de muitos anos no mercado, nós da Sky.One somos parceiros estratégicos da AWS para serviços em nuvem e estamos preparados para atender todos os requisitos do seu projeto. Entre em contato com nossos profissionais e agende agora mesmo uma consultoria especializada.[:]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.