Otimizar recursos é fundamental para a saúde do seu negócio. Conheça e entenda as estratégias que você pode adotar para reduzir custos na nuvem e passe a investir cada vez mais na evolução da sua solução!

Reduzir custos na nuvem é uma tarefa fundamental para equipes e empresas que adotaram este serviço. Medidas eficazes na redução de custos, que não comprometam o desempenho do seu aplicativo ou solução são as boas notícias que traremos a você hoje!

Escolha o tipo certo de instância

Para reduzir custos na nuvem, um bom ponto de início é escolher uma instância que melhor, que atenda aos seus requisitos básicos. Tenha em mente fatores como disponibilidade, estabilidade e elasticidade. Afinal, conforme seu aplicativo se desenvolve, você deve ser capaz de aumentar ou diminuir o tamanho da sua instância com base no monitoramento.

Uma vez implantadas as instâncias, você pode dimensioná-las e executá-las em várias zonas de disponibilidade para garantir a estabilidade do seu aplicativo. Assim, você otimiza recursos limitados fornecendo o melhor desempenho pelo menor custo de operações. Dica número um: você pode usar o CloudWatch, por exemplo, para ficar de olho nos seus gastos e reduzir custos na nuvem.

Use autoscaling

A segunda dica para reduzir custos na nuvem da Amazon Web Services (AWS) é usar o autoscaling. Esse é um recurso bem conhecido do Elastic Compute Cloud (EC2), que permite alterar dinamicamente a capacidade de computação em resposta a eventos.

Estes eventos são tipicamente mudanças nas métricas. Para começar a reduzir custos na nuvem, você precisa seguir três passos para configurar o escalonamento automático:

  • Configuração de lançamento: aqui você define as características sobre as instâncias que serão criadas em resposta aos eventos;
  • Autoscaling group: é a ferramenta responsável por gerenciar as instâncias do EC2. Você define o tamanho mínimo e máximo do grupo, os balanceadores de carga responsáveis por ele e quais zonas de disponibilidade você quer usar;
  • Política de autoscaling: é o momento de definição dos parâmetros para executar uma ação de escalonamento automático.

Estabeleça métricas de eficiência

São as métricas de eficiência que nos ajudam a reduzir custos na nuvem. Elas monitoram o ambiente de nuvem pública, acompanhando as alterações no uso de suas instâncias e, à medida que este o número de aumenta, é mais difícil ficar de olho nos padrões de utilização e gerenciá-las adequadamente. Como seguir, então?

Desative instâncias não usadas para reduzir custos na nuvem

Da mesma maneira que você apaga a luz quando deixa um ambiente, as instâncias podem ser desativadas quando você não está usando. Essa é uma estratégia para reduzir custos na nuvem particularmente útil para cargas de trabalho como desenvolvimento e teste.

Durante o horário de trabalho, os desenvolvedores precisam dos sistemas operando em sua capacidade máxima. Mas quando eles não estão no escritório, você terá uma necessidade de recursos muito reduzida.

Economize até 80% com o Sky.Saver!

Na Sky.One Cloud Solutions, nosso desafio é fazer mais com menos. Como resultado de nossos esforços e pesquisas, criamos o Sky.Saver: uma solução que promove a estabilidade das EC2 pelo preço das máquinas SPOT.

Isso impacta com uma economia de até 80%, mantendo a disponibilidade e eficiência das suas aplicações. Tudo isso com a ajuda da inteligência artificial. Assim, oferecemos uma gestão simplificada de sua infraestrutura na Amazon Web Services (AWS).

Com o Sky.Saver você consegue monitorar em tempo real como as suas instâncias estão operando e quanto está economizando. Faça um teste gratuito, é só clicar aqui!

 

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.