Você sabia que as pequenas e médias empresas são as principais responsáveis pelo fluxo da economia no país? Segundo o último levantamento do Sebrae, essas organizações são as que mais geram emprego no Brasil com carteira assinada, somando 54% dos empregos formais. Mas qual será o cenário de crédito para pequenas e médias empresas atualmente?

Por mais importante que seja contar com linhas de crédito para continuar gerando novos empregos, é comum que essas empresas ainda tenham dificuldade para conseguir empréstimos com taxas mais em conta.

É por isso que preparamos esse conteúdo para trazer quais as boas práticas para solicitação de crédito para pequenas e médias empresas, falando da dificuldade que é provar garantia de pagamento para solicitar acesso em algumas instituições que fazem esse trabalho. Veja ainda quais os principais caminhos para solicitar um empréstimo!

Quais as boas práticas para solicitar crédito para pequenas e médias empresas?

Se sua empresas está em busca de crédito com as menores taxas e não sabe ainda quais os preparativos ou primeiros passos que precisa dar para ampliar suas chances de conseguir, saiba que existem alguns passos considerados como boas práticas que podem ajudar a tornar o caminho mais fácil:

  • Determine um valor de empréstimo com base no seu faturamento planejado: faça com que sua solicitação não ultrapasse uma faixa de 10% a 15% da sua receita anual. Isso é levado em conta como uma forma de mostrar a sua capacidade de manter o pagamento previsto e cumprir suas obrigações de crédito;
  • Mantenha sua pontuação de crédito sempre positiva: sua pontuação de crédito pessoal ou empresarial é levada em consideração como um dos fatores garantidores do empréstimo. Ela deve fazer parte dos requisitos observados pelas empresas que vão analisar sua solicitação. Portanto, conheça suas pontuações com antecedência. Normalmente, um banco ou instituição financeira já barra as linhas de crédito para quem possui uma pontuação de 700, que são os requisitos mínimos;
  • Deixe claro qual o seu atual fluxo de caixa: com um fluxo de caixa apresentado através do seu relatório financeiro completo, as instituições de crédito conseguem fazer uma análise mais completa que pode beneficiar a liberação da linha de crédito rapidamente. Por isso, gerenciar bem o seu fluxo de caixa mostra a capacidade de rentabilidade com a saúde financeira do negócio e as vantagens de receber um empréstimo.

3 opções para solicitar crédito para pequenas e médias empresas

Na busca por crédito com as menores taxas, a quem as empresas podem recorrer? Vamos apresentar agora as 3 opções principais nesse momento para conseguir a liberação de empréstimo e quais as características de cada uma.

1. Grandes bancos

Processo tradicional, burocrático e demorado. Esse é o cenário encontrado ao tentar buscar crédito para pequenas e médias empresas em grandes bancos que operam no país.

O processo tradicional fica claro quando os empreendedores se identificam ao chegar a uma dessas instituições. Afinal, os gerentes de bancos não gostam de receber pequenas empresas em busca de crédito.

E o processo burocrático, com vários empecilhos colocados durante o processo de solicitação, só deixam claro que essas instituições financeiras barram essa linha de crédito sob o argumento de que não podem arcar com o elevado risco das operações menores.

2. Fintechs

As Fintechs surgiram no mercado como uma fonte de esperança de crédito para pequenas e médias empresas. A promessa de facilitar os processos e agilizar a liberação de crédito encheu os olhos de vários empreendedores que buscam uma forma mais simples de buscar essas linhas de empréstimo.

Mas na prática, o que foi visto depois de pouco tempo é que o processo realmente é mais rápido que bancos tradicionais, mas ainda sim é burocrático. Um outro ponto que se tornou um complicador na maioria dos casos é a necessidade de dar alguma garantia de pagamento para facilitar o crédito. 

3. Techfins

Um novo processo facilitador que está crescendo no Brasil é mais uma opção para conseguir crédito para pequenas e médias empresas. A techfin (empresa de tecnologia que busca soluções financeiras para seus clientes) veio justamente para simplificar o processo de garantias e solicitações de crédito.

De acordo com a ABES, de 2017 para 2018 houve um aumento de quase 3% de empresas usuárias de software, ou seja, que fizeram a aquisição de sistemas que os ajudem na gestão da empresa, tendo uma visão completa da operação da empresa. Isso casa diretamente com o objetivo das techfins, que propõem a modernização para empresas que desejam impulsionar negócios.

Através de informações inteligentes e instituições financeiras parceiras, as techfins proporcionam agilidade e proatividade na realização de serviços financeiros. Facilitar transações bancárias e conquistar clientes que valorizam praticidade é o papel dessas novas empresas.

Agora que você já sabe os detalhes, que tal conhecer uma plataforma direcionada especialmente para atender esse mercado, oferecendo soluções externas e serviços financeiros de maneira rápida e simplificada, na nuvem? Conheça o Sky.Simple, plataforma