Estamos vivendo a democratização de acesso ao crédito através da aceleração de tecnologias para o setor financeiro junto aos softwares de gestão. As mais recentes ofertas envolvendo Linx e Stone podem provar essa tese.

Sabemos que o ERP é um dos principais geradores de transações financeiras entre empresas e seus consumidores. Ele está no coração de qualquer empresa já que todos os processos passam pelo sistema, desde a parte de controle de estoque até o controle de pagamentos, recebimentos e demais pontos do fluxo de caixa.

Todas essas informações, contidas no sistema de gestão empresarial, são a chave para iniciar o movimento de bancarização do setor de software de gestão no Brasil.

Fica claro que hoje os sistemas de ERP podem se tornar verdadeiras fintechs, oferecendo serviços bancários. E a união entre grandes empresas de mercados altamente concorridos – como são o de ERPs e o de maquininhas de pagamento – fala muito sobre esse momento.

Caso da Linx e Stone

Durante o mês de agosto de 2020, foi anunciado em diversos portais que a Stone havia comprado a Linx por R$ 6 bilhões, em uma transação de alto impacto no mercado. Apesar de ainda não ter sido concluída até o presente momento (no dia 01 de setembro a oferta subiu para R$ 6,283 bilhões após o surgimento do interesse da Totvs e a possibilidade de uma oferta maior por parte da Rede), tudo indica que o desfecho será realmente esse.

Mas o que está realmente por trás dessa transação? Bom, precisamos entender o papel atual de cada empresa no mercado e quais os caminhos que estão se desenhando:

  • Linx: um dos ERPs mais utilizados no segmento de varejo;
  • Stone: uma das líderes em meios de pagamento, reconhecida pela disseminação das maquininhas de pagamento.

Por trás desse interesse da Stone na Linx, está o fato de que a Stone gostaria de melhorar a experiência de pagamento dos seus clientes e poder oferecer serviços bancários simplificados, democratizando o acesso ao crédito para os seus clientes, principalmente as PMEs.

Agora falando sobre os interesses da Linx com a fusão, fica claro que a empresa se tornou um dos maiores ERPs para varejo através de outras fusões no passado, realizando aquisições de serviços e soluções que tornassem seu portfólio mais completo para os seus clientes. Isso fortaleceu o leque de clientes e segmentos, e um passo rumo a prestação de serviços bancários seria um importante benefício.

Assim como o mercado de maquininhas está saturado para a Stone que está buscando por novos negócios para se diferenciar no mercado, o mercado ERP também está saturado. Nesse caso, sairá na frente a empresa que conseguir atender a um maior número de demanda dos clientes. E hoje a demanda mais crescente é a de acesso à crédito por parte das PMEs.

Só as grandes empresas vão conseguir atender essa demanda de acesso à serviços bancários?

Inovar e modernizar não é só para os grandes players do mercado e não precisa ser caro para implementar. Na verdade, é preciso seguir com 7 princípios básicos para que a oferta dos serviços bancários dentro do sistema de gestão seja efetivo:

  1. O custo da operação não deve aumentar;
  2. O foco no core business da empresa não deve se perder;
  3. Não devem existir riscos em nenhum tipo de transação;
  4. Deverá existir ganhos relevantes para ambos os lados;
  5. O valor da empresa no mercado deve aumentar;
  6. O foco deve ser melhorar a experiência de quem está contratando crédito;
  7. O uso de dados vai embasar as principais decisões.

Seguindo esses princípios, os softwares de gestão serão cada vez mais cobrados para apresentar saídas claras e serviços para esse novo cenário competitivo. Para você que já percebe a importância de dar esse passo adiante com seu ERP, saiba que já pode iniciar o processo seguindo dois passos.

Simplifique utilizando soluções prontas para integrar ao seu ERP

Já é possível começar agora mesmo a oferecer uma camada de serviços financeiros simplificados através do seu software de gestão. Para isso você pode recorrer a uma solução já pronta, que atua de forma integrada ao ERP.

Como já falamos no início, diversas empresas realizam o controle financeiro do seu negócio através de softwares de gestão. Com essas informações, você já consegue criar uma conexão com diversas instituições financeiras, proporcionando comodidade em serviços financeiros para os usuários do seu software de gestão.

Hoje você pode contar com o Sky.Simple! Ela é uma plataforma que simplifica o acesso de clientes de software de gestão à serviços financeiros. Conectamos o usuário a diversas instituições financeiras parceiras para a disponibilização dos créditos para empresas.

Tenha parceiros de confiança

Um dos desafios de disponibilizar essa camada de inteligência acoplada ao ERP é contar com a confiança de um parceiro qualificado, já que irá permitir que instituições financeiras ofereçam para as empresas serviços financeiros transparentes.

Tudo nesse processo precisa ser seguro e 100% digital para levar comodidade a qualquer pessoa. E por isso você pode contar com a Sky.One, onde um dos nossos valores é a parceria, por sabemos que juntos vamos mais longe.