Pequenas e médias empresas (PMEs) podem ter grandes benefícios utilizando a computação em nuvem (ou cloud computing). Afinal com dados armazenados na nuvem, há economia de tempo e dinheiro, com aumento da produtividade, melhorando a colaboração e promovendo a inovação.

O que é computação em nuvem?

Computação em nuvem é a prática de usar uma rede de servidores remotos, hospedados na internet, com a finalidade armazenar, gerenciar, e processar dados. Evitando-se o uso de um servidor local ou um computador pessoal.

A computação em nuvem fornece acesso aos usuários acesso aos dados onde quer que estejam, desde que haja uma conexão com a internet. E, no atual ambiente em que a mudança no mercado é constante, é importante que empresários de pequenas e médias empresas tenham todas as informações disponíveis onde estiverem.

Ou seja, através de um computador, tablet ou smartphone, em qualquer ambiente, seja no escritório ou fora dele, a computação em nuvem fornece o acesso a informação de maneira facilitada.

Qual a aplicação da computação em nuvem?

Para que fique mais claro a aplicação da computação em nuvem para pequenas e médias empresas, separamos os quatro diferentes tipos de serviços na nuvem:

  • Armazenamento na nuvem (cloud storage): serviço que armazena e faz o backup dos arquivos para acesso, compartilhamento e sincronização em vários dispositivos;
  • Backup na nuvem (cloud backup): serviço semelhante ao armazenamento em nuvem, porém usado somente como fonte de backup em caso de falha, ataque cibernético ou outra perda de dados;
  • Software como serviço (SaaS): serviço que usa a web para se fornecer serviços, como a Netflix, podendo também ser chamado de plataforma de serviços.
  • Hospedagem na nuvem (cloud hosting): serviço que facilita todos os tipos de compartilhamento de informações, como e-mail, hospedagem de aplicativos e armazenamento de dados.

Dessa forma, existem várias maneiras das pequenas e médias empresas utilizarem a computação em nuvem. Principalmente como meio de acesso a informações em qualquer lugar.

Qual a importância desta estrutura para pequenas e médias empresas?

Uma pesquisa recente, realizada pelo The Boston Consulting Group (BCG), foi identificado que as pequenas e médias empresas que adotam a infraestrutura de TI em nuvem ganham competitividade em comparação às concorrentes no mercado.

No Brasil, a receita anual destas empresas é aumentada em 16%, e a criação de novos empregos ocorre 11% mais rápido em comparação com as de menor adoção da computação em nuvem.

Isto, deve-se ao processo de automação para pequenas e médias empresas. Ao invés de gerenciar as operações individualmente, a gestão da empresa tem a possibilidade de controlar as informações de maneira centralizadas, a partir de aplicações. Gerando maior rapidez e eficiência.

Com a facilidade da gestão da informação se torna possível o aumento da inovação e crescimento dos negócios, que passam a ter na computação em nuvem uma força motriz para seu avanço no mercado. Isso, porque, segundo estudos, as pequenas e médias empresas líderes em tecnologia, tem sua produtividade melhorada, conectando-se a novos clientes e mercados. Podendo eles até ser de regiões ou países diferentes.

Ficou curioso para saber como sua pequena e média empresa pode se beneficiar ainda mais com a computação em nuvem? Acompanhe nosso blog e se conecte a nós nas redes sociais!

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.