Comprar produtos hoje é uma experiência bem mais ampla do que antigamente, pois além de envolver valores, a marca e a avaliação do serviço das empresas também são levados em consideração. Para isso, garantir uma boa infraestrutura de TI, bem como o gerenciamento de serviços do time de tecnologia nos supermercados é uma ótima estratégia para se destacar na concorrência.

Afinal, o mercado varejista que migrou para a internet ampliou o acesso a mais clientes no ambiente digital. Dessa forma, manter a produção e a logística funcionais em uma rede de supermercados gera diariamente bastante esforço dos profissionais de TI no controle dos fluxos, no gerenciamento dos profissionais e nas exigências que o consumidor expõe na busca por produtos e serviços de qualidade.

Neste artigo vamos falar sobre qual a importância do gerenciamento de serviços de TI em supermercados, avaliando custos e formas em que a tecnologia pode contribuir para facilitar esse processo mantendo a sua qualidade e aumentando a performance do negócio.

Boa leitura!

Gerenciamento de infraestrutura de TI em supermercados

O perfil do consumidor de hoje é de um cliente que está hiperconectado. Ou seja, os hábitos de consumo na rotina das pessoas no mundo inteiro incluem o acesso à internet, uso de dispositivos móveis e aplicativos, serviços de comparação de preços e sites de avaliação de produtos, por exemplo.

Para lidar com essas necessidades, é preciso equipar quem atua no comércio varejista de supermercados para poder oferecer aos clientes o acesso rápido, descomplicado, intuitivo e de boa comunicação

A eficiência do gerenciamento de serviços e infraestrutura de TI inclui, portanto, não só o foco no cliente, mas em toda equipe de profissionais que vão garantir a variedade de funções. 

Vejamos aqui alguns desses suportes:

1) Integração de canais

A depender do perfil do seu cliente, ele pode pesquisar os preços digitalmente e executar a compra no físico, por exemplo, ou o contrário.

Assim, integrar lojas físicas e virtuais é um recurso que traz mais comodidade. O cliente pode escolher entre comprar o produto pela internet ou retirar na loja física ou mesmo receber em casa.

Nesse contexto, a infra deve ser constantemente aprimorada para evitar bugs ou problemas nas transações, evitando que o consumidor tenha uma má experiência, como seria o caso, por exemplo, de uma compra que foi feita virtualmente, mas que não há mais disponibilidade do respectivo produto na loja física. 

2) Formas de pagamento

E na hora de realizar o pagamento quanto mais opções disponíveis, maiores serão as chances de agradar o cliente em seu supermercado.

A inovação nas formas de pagamento garantem mais segurança ao consumidor, com uso de aplicativos e compras por cartão de crédito e débito. Além de comodidade ao cliente, que pode escolher a forma de pagamento que for melhor para ele.

O pagamento digital feito por aproximação com o celular, uso de apps de bancos e carteiras digitais, relógio smart com apps, pagamento por QR Code, pagamento com câmera ou transação automática são tendências que cada vez ganham maior aderência.

3) Segurança da informação

Não é de hoje que as empresas têm sofrido com ataques de hackers. No ano passado, uma rede de supermercados da Suécia precisou fechar as suas quase 800 lojas após um ataque cibernético que paralisou os caixas.

No entanto, você não deve ficar menos tranquilo porque o ataque cibernético foi no exterior. Segundo dados da Avast, a probabilidade de encontrar qualquer tipo de malware em um computador corporativo hoje, no Brasil, é de 17%.

Na pesquisa, é possível identificarmos que do pequeno ao grande empresário, todos estão sendo alvo de hackers, principalmente aqueles que ainda não possuem práticas ativas de segurança dos dados em seu negócio.

Reduzir os custos da infraestrutura de TI sem perder qualidade nos processos, é possível?

Sim! O gerenciamento de serviços e infraestrutura de TI é um caminho sem volta para o pequeno, médio ou grande empresário que está em busca de crescer ainda mais e levar segurança para os seus serviços.

Confira a seguir algumas dicas para reduzir os custos da sua infraestrutura de TI e manter o seu negócio em ascensão: 

1) Invista em Transformação Digital

De acordo com pesquisas realizadas pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), o setor de supermercados tem sido um dos mais afetados por furtos, roubos e quedas operacionais em quase 2% do faturamento, e a má gestão dos recursos focados na segurança é o principal motivo.

Como solução, muitos gestores têm aderido a sistemas de gestão automatizados para obterem mais controle de todas as etapas da produção de vendas até melhorar a relação com o consumidor. Na pesquisa, vemos que esse tipo de inovação de integração em áreas diversas, com informação em tempo real pode gerar economia de mais de 80% para quem atua no comércio varejista.

Se ficou interessado em saber mais, inscreva-se e participe do Sky.One Connect e confira com exclusividade quais são as principais tendências de inovação do varejo.

skyoneconnect

2) Automação de  processos

É um processo que retira de funcionários a atenção excessiva na produção das atividades e garante a melhoria no tempo de produção, mais agilidade e controle tecnológico.

Ferramentas, como controle de estoque e de caixa, por exemplo, são capazes de acelerar os processos da sua empresa, sem a necessidade de realizar grandes investimentos e ainda levar diversos benefícios para o dia-a-dia, como:

  • centralizar as informações da empresa;
  • minimizar falhas nos serviços;
  • reduzir os gastos com a infraestrutura de TI e equipe;

3) Otimização dos serviços de TI

É uma condição inteligente de permitir a um grupo especializado promover melhorias no processo alinhado com estratégias definidas.

Normalmente, os supermercados que optam por serviço de terceirização para uma otimização do operacional e pouco estratégico contam com resultados de qualidade, pois tem em suas mãos, ações alinhadas com as necessidades específicas do negócio.

A lógica é que um grupo de especialistas externos possa agilizar muitos dos processos internos, sem a necessidade de substituição da equipe interna, que estará focada 100% nas demandas mais estratégicas.

Além disso, a maioria dos processos operacionais ficam com o parceiro, permitindo que os recursos e tempo da sua equipe interna sejam direcionados para as áreas mais essenciais do negócio.

4) Migração para a nuvem

Ter a empresa na nuvem diminui os custos com equipamentos, uso de espaço físico, e inclui ainda menor aquisição de softwares, atualização de sistemas e possibilita informação compartilhada em qualquer lugar do mundo com internet.

Redes inteiras de supermercados que optam por migrar a infraestrutura de TI para a nuvem eliminam necessidades diárias de downloads, backups manuais, instalações, manutenções e atualizações de softwares e hardwares em seus domínios.

Além disso, a nuvem hoje é uma das soluções mais seguras para armazenar informações sigilosas das empresas.

migração pa a nuvem

Inove no varejo com economia e eficiência migrando para a nuvem

Agilidade – Ter infraestrutura de TI na nuvem acelera o acesso e partilha de arquivos, com mecanismos de busca eficientes, boas práticas de cibersegurança e suporte eficaz de especialistas em nuvem.

Segurança – sistemas de dados na nuvem são controlados por criptografia e firewalls que não permitem acesso de pessoas não autorizadas, permitindo que se realize um gerenciamento de serviços de TI de forma segura para a empresa e o cliente.

Suporte – estando na nuvem, o sistema pode passar por manutenção online, sem haver necessidade de contratação de equipe de TI específica para essa finalidade.

Atualização  – o sistema integrado com outros suportes constantemente passa por aprimorações para melhoria do acesso do usuário e garante mais competitividade no mercado.

Auto.Sky: uma solução para reduzir custos e otimizar a infraestrutura de TI com o ritmo do varejo

Com a redução de até 70% dos gastos com a infraestrutura de TI, o Auto.Sky já é a solução ideal para mais de 1.000 empresas.

O propósito da ferramenta é potencializar a inovação do mercado e modificar o uso de tecnologias de informação, reduzindo os custos com projetos planejados de forma singular para cada empresa. 

Além disso, o Auto.Sky elimina os recursos que não estão sendo usados. Este mecanismo assegura a melhor utilização da nuvem, reduzindo os custos quando comparado com implantações estáticas.

Saiba mais sobre o Auto.Sky, a plataforma tecnológica da Sky One que leva seu negócio para a nuvem com eficiência, performance e redução de custo: 

Quer saber como oAuto.Sky pode ser a tecnologia que você precisa para otimizar o gerenciamento de serviços de TI na sua empresa, reduzindo custos sem perder qualidade?


Acesse aqui

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.