Em 2021, o e-commerce brasileiro aumentou 11,5% no varejo total, de acordo com pesquisa da Abcomm. Dentro desse crescimento, 80% dos lojistas fazem parte de um, ou mais de um, marketplaces. Por isso, fazer a integração com marketplace se tornou um desafio necessário para quem quer expandir suas vendas online. 

Plataformas como Amazon, Mercado Livre, B2W e outras, facilitam a exposição dos produtos e garantem mais alcance para divulgação, o que torna esses canais ótimos para geração de novos clientes

Atualmente, existem algumas opções para quem precisa fazer a integração do ERP utilizado em seu negócio com um ou mais marketplaces, neste artigo falaremos sobre as mais relevantes. Leia até o final! 

Leia também: 

Por que integrar sistemas otimiza o tempo das operações na sua empresa?

Principais vantagens de vender em marketplace

Em resumo, os marketplaces funcionam como um “shopping online”, onde é possível que a pessoa consumidora busque por produtos de diversos segmentos em uma mesma plataforma. 

Além disso, as formas de pagamento oferecidas pelos comerciantes são diversificadas, já que cada um escolhe como o faturamento e a entrega dos produtos serão realizados. Assim, os clientes podem selecionar o vendedor que atenda melhor suas condições. 

Ainda do ponto de vista do cliente, nos marketplaces é possível ver e realizar feedbacks sobre o produto/vendedor, isso ajuda na relação de confiança entre loja e consumidor. 

Do lado do negócio, as vantagens de vender em marketplace também são muitas. Conheça algumas delas a seguir. 

Maior visibilidade do negócio

Uma das maiores vantagens em vender em marketplace é a visibilidade gerada por essas plataformas. Por serem sites muito acessados, o catálogo de produtos disponibilizado ali podem captar vendas de maneira mais rápida.

Custos menores

Criar uma loja virtual, geralmente, é algo que exige investimento. Mesmo que feita em uma plataforma gratuita é necessário um designer, um analista de e-commerce, a compra de um domínio, entre outros custos. 

Em um marketplace, o lojista já terá grande parte do que precisa para começar a vender. Assim, os processos ficam mais simples e o investimento em ferramentas menor. Negócios que já possuem seus próprios e-commerces também podem vender também em marketplaces, basta fazer a integração de dados de maneira efetiva. 

Aumento de vendas

Com mais visibilidade e alcance de leads qualificados, as vendas de lojistas que optam por marketplaces é maior. Além disso, o lucro também aumenta, já que o investimento feito é menor em relação a criação de um e-commerce. 

Crescimento do negócio 

Os negócios que dedicam suas vendas a plataformas de marketplace, quando bem geridos, tendem a se expandir. Os custos menores e o aumento de vendas geram para o comerciante mais capital disponível para investimento em outras áreas: seja no aumento do estoque de produtos ou em marketing. 

Mas, para crescer um negócio, todas as decisões precisam ser baseadas em dados. 

Saiba mais sobre esse assunto no nosso conteúdo completo “Negócios mais estratégicos com decisões baseadas em dados”. 

integrar sistemas na empresa

Como fazer integração com marketplace?

Antes de fazer a integração de uma loja com um marketplace é necessário saber se o público-alvo da sua empresa está naquela plataforma, a relevância do site no seu segmento, quais serão os produtos comercializados e qual o melhor modelo para o seu negócio. 

As definições mais básicas são o Marketplace B2B (Business to Business, em que empresas vendem para seus pares), Marketplace B2C (Business to Consumer, em que negócios vendem para consumidores) e o Marketplace C2C (Consumer to Consumer, de consumidor para consumidor). 

Os marketplaces ainda são divididos em de produtos, como a Shopee e a Enjoei por exemplo,  e de serviços, como o GetNinjas e a Uber. Na hora de escolher, opte por uma plataforma que dê mais destaque para o produto que será comercializado. 

Escolhido o marketplace, ou os marketplaces, é necessário escolher como será a integração marketplace. Algumas das opções para isso são:

1) Desenvolva internamente uma integração

Muitas empresas buscam desenvolver internamente uma aplicação que integre seu ERP, CRM, BI e e-commerce aos marketplaces e, para isso, é necessário o trabalho de uma pessoa desenvolvedora

Quando realizada internamente, a integração com marketplace é algo que aloca tempo e recursos da sua equipe de TI, que precisa deixar de lado outras tarefas mais estratégicas para trabalhar no seu desenvolvimento.

Geralmente, apenas o custo de criação da integração é calculado, mas é preciso ter na ponta do lápis os custos adicionais que isso gera: de implantação, manutenção e correção de erros. 

Vale lembrar que, ao criar uma aplicação, ela precisa ser atualizada toda vez que um dos sistemas (da empresa ou do marketplace) for atualizado, caso isso não aconteça a integração marketplace quebra e as plataformas não conseguem trocar dados entre si. 

Saiba mais sobre como investir na integração de sistemas do seu negócio! Ouça o episódio #7 do Sky.Cast!

importância da integração de sistemas

2) Conte com o Integra.Sky

Outra opção é contratar o serviço de uma plataforma iPaaS que integra todos os sistemas do seu negócio, como o Integra.Sky. Assim, não é necessário que sua equipe de TI crie novas funcionalidades e aplicações. 

Saiba mais sobre a tecnologia do iPaaS, uma tendência cada vez mais presente no mercado.

Empresas investem em solução iPaaS em busca de performance

Com o Integra.Sky, o lojista tem acesso a processos e fluxos, quantidade de transações, sistemas ou aplicações, APIs, bancos de dados e arquivos: tudo que a empresa precisa para uma integração marketplace. Além disso, os pacotes são divididos pelo tamanho do consumo de Gigs necessário para sua loja, atendendo seu perfil. 

A equipe do Integra.Sky ainda oferece a opção de contratação do onboarding, mapeamento de construções e integrações e de treinamento para uso da aplicação. A tecnologia exige baixa aprendizagem, o que a torna mais acessível aos membros do seu time. 

Tenha mais agilidade e segurança no seu negócio, diminua os custos e tempo em desenvolvimento de aplicações e ainda conte com o suporte de arquitetura em cloud e uma equipe de especialistas à sua disposição

Utilizar uma plataforma de integração para automatizar a troca de dados entre sistemas diminui a quantidade de erros de faturamento e aumenta o controle sobre o estoque.

Entenda como funciona na prática aqui Integra.Sky