A computação em nuvem está cada vez mais popular entre empresas de diferentes portes. A tecnologia possibilita o aproveitamento de todos os recursos computacionais, sem que haja a necessidade de uma estrutura interna obrigatória ou uma equipe de TI de plantão para corrigir problemas e falhas no sistema. Hoje, já existem diferentes soluções em nuvem que atendem diferentes tipos de negócios.

A nuvem pública, por exemplo, está sendo muito usada para micro e pequenas empresas, além de startups. Isso porque esse tipo de tecnologia possui uma implantação simples e rápida, além de um baixo custo. No caso da nuvem pública os servidores ficam alocados em data centers externos, instalados em provedores próprios de cloud e fora da empresa e ainda conta com a privacidade e segurança necessárias para se trabalhar com dados corporativos. Também vem sendo utilizada em aplicações secundárias como hospedagem de sites, serviços de e-mails, vídeos corporativos entre outros.

Devido a um reflexo do mercado que vem presenciando a expansão de pequenos negócios, somado à flexibilidade desse tipo de serviço, fornecedores de TI estimam que este ano o crescimento da nuvem pública deve atingir os 50%. Para saber um pouco mais sobre as movimentações do mercado e porque a nuvem pública vem se tornando um atrativo tão grande para as empresas, continue acompanhando nosso post!

Custo e perfil empreendedor

O crescimento da demanda pela nuvem pública é um reflexo do surgimento de novas empresas de pequeno porte nos últimos anos. Muitas delas só conhecem esse tipo de armazenagem e apostam na tecnologia devido ao baixo custo e a dispensa de grandes estruturas para atender as necessidades desse tipo de negócio. Pequenas empresas, em geral, não contam com uma grande capacidade financeira para investir em serviços de armazenamento por meio de softwares e estruturas próprias, da mesma maneira, não possuem budget para a contratação de uma equipe de TI. Ela entrou como a solução perfeita para essa lacuna existente nos serviços de tecnologia, atendendo a uma demanda presente e, agora, crescente.

Outro fator que influencia a boa recepção da nuvem pública para esse tipo de negócio também esta ligada ao perfil empreendedor de quem atua no ramo das pequenas e micro empresas, especialmente das startups. Em geral, esses empreendedores são jovens e menos conservadores do que empresas tradicionais.

Conheça também a diferença entre nuvem pública e privada! Assista o vídeo abaixo!

Médios e grandes negócios

Obviamente é possível encontrar no mercado empresas de médio e grande porte que também vem apostando na nuvem, até porque, o cloud computing também apresenta soluções que os sistemas tradicionais não oferecem, como tráfego de dados e mobilidade, por exemplo.

Hoje em dia a núvem pública não é mais encarada pelas empresas como menos seguras. Algumas empresas acabam fazendo o uso da nuvem híbrida, por uma questão de necessidade maior de armazenamento de dados e também por segurança. Embora muitos especialistas afirmem que a nuvem pública é tão ou mais segura do que a nuvem privada, é um fato que a segurança esta diretamente relacionada ao gerenciamento do data Center  e às regras de trafego.

No que se refere à migração para a nuvem, muitas empresas, independentemente de seu tamanho estão migrando para a nuvem. A Netflix já está 100% na nuvem, assim como instituições financeiras internacionais e governos de vários países.

Com conservadorismo ou sem, uma coisa é inegável: a nuvem é econômica, flexível e escalável, além de contar com uma capacidade de entregar em qualquer lugar do planeta, dados de diferentes tipos e tamanhos. Com um dispositivo conectado a uma rede potente, qualquer empresa hoje, pode existir em qualquer lugar graças à nuvem.

E você? Já conhecia as facilidades desse sistema para pequenos negócios? Quer saber como a nuvem da AWS pode beneficiar o seu negócio? Entre em contato com a Sky.One. Somos especialistas em soluções em nuvem. 

[:]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.