Com a irrupção da pandemia e a aceleração da transformação digital, o setor de varejo viu-se, mais do que nunca, submetido à necessidade de se adaptar às mais modernas tecnologias para atender seus clientes de maneira satisfatória. 

Com isso, a venda online tornou-se a principal saída para os comerciantes que decidiram se arriscar no mundo digital. 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo eMarketer, o e-commerce teve um crescimento de 36% no Brasil em 2020, sendo o 4º país no mundo com o maior aumento de vendas online.

Um levantamento realizado pela Câmara Brasileira da Economia Digital (Câmara-e.net), em março de 2021, detalha ainda a composição de compras no e-commerce por segmento: equipamentos e materiais para escritório e informática (43,1%), móveis e eletrodomésticos (26,9%), vestuário e calçados (10,4%), artigos farmacêuticos, médicos e cosméticos (7,4%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (6,2%), supermercados, produtos alimentícios e bebidas (3,5%), livros, jornais e revistas (2,5%). 

Nesse sentido, é possível perceber que as vendas online realmente abrangem todos os setores do varejo.

Venda no varejo em datas comemorativas: como se preparar?

Visto que é cada vez mais comum as vendas que eram feitas no balcão, de maneira tradicional, migrarem para o modelo online, é essencial estar preparado para este novo modelo de consumo, que é muito mais próximo do cliente e entrega uma experiência relacionada à facilidade e velocidade. 

Essa preparação deve ser ainda mais intensificada em datas comemorativas, como o Dia do Cliente, Black Friday, Natal, Dia das Mães e dos Pais, uma vez que a demanda pelo consumo aumenta consideravelmente. 

De acordo com os dados obtidos pela Ebit Nielsen na pesquisa Webshoppers, em 2020, apenas as datas sazonais representaram 34% do faturamento dos e-commerces.

Mas como o setor de varejo pode estar pronto para receber a alta demanda de pedidos durante essas datas? 

A importância da nuvem para a venda no varejo

A nuvem é a alternativa mais eficaz e segura para manter seu negócio em pleno funcionamento e conectado com os clientes de forma performática, focando na experiência do usuário

Além de oferecer uma previsibilidade maior, a migração do sistema para a nuvem garante segurança e conforto para a empresa

Ao manter o e-commerce com hospedagem em nuvem, seu negócio ganha uma escalabilidade superior à de uma estrutura tradicional de data center, permitindo o aumento de recursos sob demanda.

É importante ressaltar que cloud não é mais tendência, mas sim o caminho para as empresas tornarem-se cada vez mais digitais e tecnológicas. 

Como migrar para a nuvem?

Quem ainda está preocupado em sustentar um ambiente por conta própria, está perdendo uma grande oportunidade, dando margem para a concorrência tomar o seu lugar. 

A Sky.One possui know-how e um time de profissionais capacitados para apoiar o seu negócio na migração para a nuvem.

Quer migrar seu e-commerce para a nuvem e ficar totalmente preparado para atender seus clientes nas datas mais importantes do ano? 

Acesse o link e conheça mais os serviços da Sky.One para o setor de varejo!

Leia também:

Tecnologia atemporal: a importância da cloud para empresas

O que é Cloud Computing: descubra como funciona e suas vantagens