Já há algum tempo, a inteligência artificial vem sendo bastante discutido no mundo todo. Para muitos leigos, ela ainda é uma ficção, e só existe mesmo em filmes e séries de TV. Mas para os pesquisadores, gestores de empresas e observadores do mercado, a inteligência artificial já é uma realidade. O fato é que, hoje, ela está sendo utilizada por organizações de várias indústrias, para diversos fins.

A seguir, mostraremos o que exatamente é inteligência artificial e como ela está sendo usada atualmente. Não deixe de conferir:

O conceito de inteligência artificial

Para John McCarthy, professor de ciência da computação da Universidade de Stanford, inteligência artificial (IA) é a ciência de fazer máquinas inteligentes. Estas máquinas devem ser capazes de raciocinar como um ser humano, resolver problemas e se autoaperfeiçoar. Ou seja, de fazer coisas que normalmente são feitas por pessoas – em especial coisas que exigem inteligência.

As pesquisas de inteligência artificial começaram logo após a Segunda Guerra Mundial, quando um grande número de pessoas começou a desenvolver máquinas inteligentes. O primeiro talvez tenha sido o matemático inglês Alan Turing, que também criou o ‘Teste de Turing’, que tem como objetivo descobrir se uma máquina é ou não dotada de inteligência artificial, e se pode ou não pensar como um ser humano.

As aplicações da IA nos dias de hoje

Hoje, a inteligência artificial é utilizada em:

  • Sistemas de reconhecimento de voz, para permitir que as pessoas peçam comida, chamem um táxi ou acessem a conta bancária por meio de dispositivos móveis utilizando a sua própria voz, sem precisar digitar ou clicar;
  • Sistemas de centrais de atendimento, para permitir que os consumidores peçam alguma informação relacionada à sua conta utilizando a voz e obtenham uma resposta realista de um atendente virtual;
  • Sistemas de verificação de identidade de usuários, para comparar a imagem de uma pessoa ao vivo, por meio de uma câmera, com uma imagem de referência armazenada em um banco de dados;
  • Sistemas de detecção de emoções, para analisar se as pessoas estão alegres ou tristes a partir de imagens faciais capturadas ao vivo por meio de câmeras.

As soluções da AWS para inteligência artificial

Na AWS re:Invent 2016, a Amazon Web Services anunciou uma série de novos serviços, incluindo alguns voltados para a inteligência artificial. Conheça-os:

Amazon Lex

O Amazon Lex é um serviço de criação de interfaces de conversação para aplicações. Ele oferece recursos avançados de reconhecimento automático de fala e compreensão de linguagem natural, para que os desenvolvedores possam construir aplicações que ofereçam experiências altamente envolventes para os usuários e interações muito realistas.

Amazon Polly

O Amazon Polly é um serviço que transforma texto em falas realistas. Ele oferece 47 vozes humanas masculinas e femininas em 24 idiomas, permitindo que os desenvolvedores selecionem aquela mais ideal para o seu projeto e a implementem em sua aplicação, para ela ‘falar’ com pessoas de vários países diferentes, de diferentes línguas.

Amazon Rekognition

O Amazon Rekognition é um serviço que permite que os desenvolvedores adicionem um avançado recurso de análise de imagens em suas aplicações. Além de detectar objetos, fases e cenas em imagens capturadas por câmeras, esse recurso também identifica as emoções das pessoas, como alegria e tristeza.

E você, o que pensa a respeito da inteligência artificial? Acha que ela pode revolucionar o mundo e o universo corporativo? Deixe a sua opinião nos comentários![:]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.