Se você nos acompanha aqui no blog, já deve ter visto os nossos artigos sobre as tendências do cloud computing para o ano de 2017. A expectativa dos especialistas da Sky.One é que teremos uma forte migração das empresas para a nuvem pública no decorrer dos próximos meses.

Para os que possuem ou adotam soluções de alto risco ou crítico, o caminho será a nuvem privada ou ainda a possibilidade de utilizar uma nuvem híbrida, com uma parte da solução hospedada de forma privada e outra na pública.

Ainda sobre as previsões do que deve ocorrer com a computação em nuvem este ano, eu quero trazer uma outra perspectiva, não diretamente sobre evolução das tecnologias utilizadas, mas algo que deve ocorrer nos bastidores e que tem relação com ajustes e estratégias na adoção das soluções de cloud computing.

Aquisições, fusões e fortes alianças

Normalmente uma das estratégias dos provedores de nuvem é investir pesado para desenvolver e lançar produtos e serviços com sua marca. Nos últimos anos, e também em 2017, não será diferente; vejo que para consolidar ainda mais a presença no mercado teremos um forte investimento nas aquisições, fusões e na criação de parcerias.

Isso acontece devido à participação da cloud computing em diferentes setores do mercado, e por isso surge a necessidade de soluções que atendam toda essa demanda. Quando não ocorrer a viabilidade ou interesse em desenvolver soluções próprias, o caminho natural será buscar no próprio mercado empresas que possuem presença forte e tentar fechar acordos, seja no formato de aquisição, fusão ou através das colaborações.

Padronizações e certificações aplicadas a fornecedores e parceiros

Uma das formas de se consolidar no mercado e também garantir o compromisso com os clientes é buscar se adequar aos padrões e certificações de referência do mercado. Um dos exemplos é a preocupação com a segurança, que faz com que provedores como a AWS obtenham certificações como PCI-DSS, ISO, AICPA, entre outras de referência. Vale destacar também as práticas recomendadas de governança.

Esse padrão também se aplica a fornecedores e parceiros, demonstrando a prioridade com a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela nuvem aos seus clientes.

Suporte ao grande volume de dados e mídia

No mercado de marketing, educação e entretenimento, a forte tendência nos próximos anos será o aumento do tráfego de dados, especialmente arquivos de vídeo, que serão publicados em diferentes formatos e soluções para o mercado.

Diante disso os serviços de cloud computing precisam estar cada vez mais preparados para o aumento de tráfego de dados, tanto das soluções hospedadas em nuvens públicas quanto o envio dos arquivos a partir dos clientes.

Cada vez mais segurança

Alta disponibilidade, tratamento a incidentes e garantia de privacidade continuarão sendo fatores determinantes para as empresas realizarem a migração para soluções em nuvem; sendo assim, os investimentos em tecnologia e segurança ficarão ainda maiores em 2017.

Espera-se ainda que soluções de criptografia, monitoramento, identidade e controle, assim como profissionais especializados, sejam ainda mais requisitados para minimizar os riscos de incidentes de segurança.

Crescente demanda por desenvolvedores especializados

Assim como tivemos uma grande demanda por profissionais especialistas em hardware e redes, a procura por desenvolvedores de software com perfil para soluções em cloud computing tem crescido bastante.

A migração das soluções desenvolvidas na arquitetura cliente-servidor e tecnologias web requer adaptações para que as soluções se adequem às tecnologias utilizadas na arquitetura cloud computing, por isso desenvolvedores com esse perfil terão alta demanda.

Estamos no começo do ano e tenho certeza que muita coisa vai acontecer com a computação em nuvem. Temos muitas tendências e bons projetos surgindo no mercado e acredito que o mais importante é você não perder mais tempo e começar agora mesmo seu projeto de migração.

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a Sky.One temos os melhores profissionais prontos para atender você. Lembre-se de nos seguir nas principais redes sociais: Twitter, Facebook e Linkedin e também aqui em nosso blog.[:]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.