Trabalhar com o sistema de nuvem oferece inúmeras vantagens para seus negócios. Mas quem ainda não trabalha com esse sistema possui um pouco de receio para na hora da migração dos dados e informações.

Se você está passando por esse momento de migração de dados para a cloud, veja o que não pode faltar para evitar os erros mais comuns:

Use recursos de automação inteligentes e confiáveis

Na hora de escolher a nuvem adequada, opte por aquela que possui automação na hora de configurar a nuvem, quando for preciso. Isso vai ajudar a proteger os arquivos salvos na cloud e ainda, com uma automação inteligente, vai ajudar a combinar os dispositivos conhecidos. Esse recurso é fundamental quando a nuvem é híbrida.

Uma nuvem também precisa de recursos virtualizados, além das que auxiliam os recursos físicos e da nuvem pública. Trabalhando com esse sistema de forma confiável e inteligente, é possível preservar e proteger seus dados, além de facilitar e agilizar o processo de migração e futuramente de utilização da nuvem.

Adaptadores para infraestrutura

Muitas empresas já possuem seus sistemas de infraestrutura e suas formas de armazenamento de dados, ao migrar para a nuvem é preciso ter certeza que todos esses dados armazenados farão parte da nuvem sem perdas, preservando para que os arquivos não sejam corrompidos.

São muitos os adaptadores disponíveis para garantir a segurança da migração de dados para a nuvem, o departamento de TI responsável pelo armazenamento de dados é capaz de escolher o melhor para ser utilizado nesse momento.

Outra facilidade na hora da migração de dados para a cloud é utilizar um hardware dentro do sistema existente, assim uma nuvem privada é criada com base nos dados já armazenados. Isso não apenas facilita a migração como economiza tempo e recursos financeiros.

Configuração de rede e de armazenamento

Utilizar uma configuração de rede e de armazenamento adequado também protege e facilita na hora da migração dos dados para a nuvem. Existem alguns modelos predefinidos que também trabalham para encontrar uma solução ideal nesse momento crucial.

Fazendo uso de um modelo predefinido, é possível economizar não apenas o tempo, mas também os recursos financeiros que a construção de uma nuvem privada possui. Ao optar por esses modelos, a migração será mais fácil, porém é possível fazer algumas adaptações para a nuvem fique ideal para a sua empresa.

Essas adaptações são as personalizações que o departamento de TI poderá fazer, minimizando o tempo da construção da nuvem inteira e mantendo a segurança que a cloud computing oferece.

Escolha um bom provedor

Além de tomar todos esses cuidados com a nuvem, a escolha de um bom provedor também é fundamental na hora de migrar para a sua nuvem. Apesar do sistema de cloud computing ser um sistema seguro para o armazenamento de dados, o provedor também precisa ser de confiança para que não ocorra surpresas futuras.

Se o seu provedor não for bom ou se não oferecer o suporte para a nuvem se manter no ar, o ideal é substituir esse provedor por um com maior potencial, isso irá garantir a migração dos dados com total segurança e também vai garantir o uso da nuvem sem problemas futuros, como a queda de sinal, por exemplo.

Muitos provedores não possuem capacidade de suportar a demanda que uma nuvem precisa, por isso avalie a capacidade suportada antes de escolher o provedor.

Migrar para a nuvem sempre causa algum receio com seus dados, mas esse processo por ser feito de maneira segura quando tomado alguns cuidados. Quer saber como? Acesse Sky.One e confira!

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.