Contêineres na nuvem ou containerização é um método de virtualização em nível de sistema operacional para implantar e executar aplicativos distribuídos sem que ocorra a necessidade de iniciar uma VM inteira para cada aplicativo. Em vez disso, vários sistemas isolados, chamados contêineres, são executados em um único host de controle e acessam um único kernel.

Por se tratar de um serviço na nuvem temos por consequência a definição de Containers as a Service (CaaS), que consiste em um serviço que permite que os desenvolvedores de software gerenciem contêineres usando as chamadas de API através de um provedor ou uma interface via portal da web.

O funcionamento de contêineres na nuvem

Os contêineres contêm os componentes necessários para executar o software desejado, utilizando arquivos, variáveis ​​de ambiente e bibliotecas. O sistema operacional host restringe o acesso do contêiner a recursos físicos, como CPU e memória, para que um único contêiner não consuma todos os recursos físicos de um host.

Os contêineres permitem o empacotamento do código fonte, suas configurações e as dependências, oferecendo consistência em sua arquitetura, eficiência operacional e ajuda na produtividade de desenvolvedores e no controle de versões.

Na prática, a execução de contêineres na nuvem permite criar aplicações e serviços escaláveis dispondo dos benefícios da computação em nuvem, a exemplo da elasticidade, alta disponibilidade, segurança e economia.

>> Saiba mais: Hiperconvergência e a integração com a computação em nuvem

As vantagens e benefícios em utilizar contêineres na nuvem

Adotar esse tipo de tecnologia dentro do universo de desenvolvimento e suporte as soluções de software, representa ganhos de eficiência em memória, CPU e armazenamento como principais benefícios dessa abordagem, quando comparado com a virtualização tradicional.

Como os contêineres não possuem a sobrecarga exigida pelas VMs, instâncias separadas do sistema operacional, é possível oferecer suporte a muitos outros contêineres na mesma infraestrutura. Desta forma, a conteinerização melhora o desempenho porque há apenas um sistema operacional cuidando das chamadas de hardware.

A Amazon destaca os seguintes benefícios que ao utilizar contêineres na nuvem:

  • Consistência de ambiente;
  • Eficiência operacional;
  • Produtividade do desenvolvedor;
  • Controle de versões.

Um fator importante no uso de contêineres na nuvem é que a tecnologia contribui para um ambiente muito mais ágil e facilita novas abordagens, como microsserviços,  integração e entrega contínuas.

>> Saiba mais: Quando Blockchain e a computação na nuvem se integram

Evolução do uso de contêineres na nuvem amplia seu alcance

Apesar da característica de uso ser o suporte ao desenvolvimento de soluções em software, a aplicação de contêineres na nuvem tem ampliado seu alcance e apresentado uma grande evolução em sua aplicabilidade. Além do uso em microsserviços, citados anteriormente, temos casos de uso abrangendo:

  • Aplicativos distribuídos,
  • Uso de processamento em lotes,
  • Middleware,
  • Banco de dados,
  • Segurança da informação.

A medida que avançamos no uso da tecnologia, o futuro do uso de contêineres chega ao universo de grandes inovações, a exemplo da Internet das Coisas e Inteligência Artificial.

>> Saiba mais: Você sabe o que Fog Computing? A Internet das Coisas se conecta a nuvem

Como você pode observar, a computação em nuvem, tem sido fundamental para a infraestrutura de TI em diversas áreas, seja na pesquisa, na indústria, varejo, etc. Independente do tamanho da organização ou segmento adotar a nuvem tem sido sinônimo de tecnologia de ponta e a possibilidade de embarcar na transformação digital atual.

Continue aqui em nosso blog e não perca as novidades. Além disso, estamos nas redes sociais, no Facebook, o nosso perfil no Twitter e o nosso Linkedin, onde publicamos mais informações sobre computação nuvem e outras tecnologias. Não perca.

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.