Não só os motores-chave na indústria vem se adaptando aos sistemas baseados em nuvem. A cloud computing ganhou um espaço significativo, propiciando avanços em muitas áreas, com destaque para o setor da saúde. A tecnologia permite explorar diferentes possibilidades, como por exemplo, o compartilhamento informações entre médicos e pacientes de forma segura e eficiente.

Benefícios da nuvem para a saúde

Os benefícios da computação em nuvem para a saúde são sensíveis. Acompanhe os principais:

Gestão dinâmica das informações

Com a nuvem ficou mais fácil armazenar informações entre a equipe médica e os pacientes. Prontuários, exames e imagens médicas armazenados e compartilhados de forma mais estruturada, diminuindo os riscos de extravio de documentos. Os históricos dos pacientes podem ser consultados, facilitando avaliações e diagnósticos. Em linhas gerais, o profissional tem acesso a dados como o número de vezes um determinado paciente foi internado, suas medicações e exames, o que favorece o tratamento.

Auxilia no diagnóstico

Na nuvem, os dados do paciente podem ser acessados por médicos e pacientes de qualquer lugar, permitindo construir uma relação que facilita o atendimento, as consultas, diagnósticos e o tratamento como um todo. As informações servem também para gerar relatórios de enfermidades comuns em períodos específicos, bem como no diagnóstico por meio de cruzamento dos sintomas com as doenças armazenadas na nuvem.

Economia no armazenamento de dados

Servidores se mostraram um ponto de atenção por organizações de saúde, todavia a computação em nuvem permite que elas possam reduzir custos com armazenamento. Os dados também podem ser acessados de vários locais e estão seguros de falhas e acidentes.

Viabiliza a investigação clínica

As soluções em nuvem possibilitam soluções de alto desempenho no processo de investigação. Os servidores físicos costumam ser menos abrangentes do que a nuvem, o que tornava mais caros o desenvolvimento de novos medicamentos, técnicas e tratamentos.

Aumenta a capacidades de telemedicina

A nuvem, juntamente a outros dispositivos, viabilizam a prestação de cuidados de saúde à distância. É possível fazer consultas com o paciente estando em outra cidade ou país, tele – cirurgias, além do monitoramento de pacientes distantes.

Permite a combinação de esforços para compartilhamento de dados

A capacidade da nuvem de recolher e utilizar as informações não se restringe ao hospital, uma vez que as organizações de saúde podem combinar essa tecnologia e compartilhar dados da saúde para desenvolver conjuntos de dados mais consistentes e abrangentes. Dessa forma é possível aprender com em sistemas e compartilhar informações relevantes para o combate de doenças, por exemplo.

A inovação cada vez mais acessível

Muitos dos benefícios da computação na nuvem podem ser obtidas sem grandes equipes de TI ou orçamentos exorbitantes. A cloud computing é encarada como investimento e não como custos às instituições. Sem contar que uma das vantagens é o pagamento dos dados consumidos.

A nuvem traz uma gama de benefícios a todos, cabendo aos profissionais da saúde conhecerem as possibilidades e adicionarem aos seus procedimentos e cotidiano. As informações estarão seguras e trazem mais confiança para ambos os lados: profissionais e pacientes.

Gostou do post e quer saber como a nuvem pode ajudar no seu segmento? Acesse o site da Sky.One e saiba mais.

photo credit: NEC Corporation of America NEC-Medical-51 via photopin (license)[:]

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.