No mercado corporativo, uma nova tendência está surgindo nos últimos anos: a dos funcionários móveis. Eles são aqueles que exigem acesso confiável e contínuo aos softwares da empresa, quer estejam no escritório, quer estejam em qualquer outro lugar do mundo. Eles querem poder acessar as aplicações, compartilhar informações, fazer downloads e sincronizar arquivos importantes, sem que a sua localização seja um problema.

Para atender a todos os seus desejos, as organizações precisam adotar um ótimo aplicativo de virtualização, que leve seus programas para a nuvem de forma simples e rápida, e proporcione todas estas facilidades. Mas será que esta é a hora certa de explorar Cloud Computing como uma ferramenta para apoiar a mobilidade empresarial e beneficiar os seus funcionários? Descubra isso lendo o nosso post:

A marcha para a mobilidade

Em muitas empresas, a “marcha” para a mobilidade já acontece há anos, e os funcionários não estão muito longe de cumprirem a jornada e chegarem ao seu destino final. De acordo com a consultoria IDC, cerca de 90% do crescimento da TI entre 2013 e 2020 será relacionado à terceira plataforma, que agrega de maneira inovadora os serviços de Cloud Computing, além de dispositivos e aplicações móveis. No Brasil 30% das empresas já permitem que os seus funcionários acessem dados corporativos em seus smartphones e 27% concedem o acesso via tablet. Isso mostra que a força de trabalho está se tornando móvel em um ritmo muito acelerado.

As empresas, por sua vez, podem conhecer muitos benefícios gerados pela mobilidade corporativa. Entre eles, podemos destacar o aumento da felicidade dos funcionários e a melhoria da produtividade da equipe, pois terão a possibilidade de trabalhar em dispositivos móveis nos quais já estão familiarizados e não ter que seguir o rígido controle imposto por alguns gestores na hora de utilizarem os equipamentos de TI. Além disso, os usuários poderão acessar arquivos e aplicações da empresa a qualquer hora e lugar, permitindo que eles trabalhem em casa e até durante viagens de negócio.

Quando considerar a mobilidade empresarial?

A junção de soluções em Cloud Computing com a mobilidade empresarial está criando inúmeras oportunidades para as empresas, bem como muitos desafios para os gestores de TI, que precisam criar estratégias para trazer o acesso móvel a aplicativos internos. Para as organizações que ainda não implementaram esta tendência, agora é a hora de começar, pois há pouco tempo a perder. Isso porque, de acordo com a IDC, até 2019 2 a cada 3 empresas já têm iniciativas na Nuvem pública, representando a mais importante iniciativa de TI, que devem ser elaborados pelas empresas com o objetivo de ganharem vantagens competitivas.

Para os especialistas, a mobilidade corporativa não é uma moda passageira. A natureza mutável do trabalho, que antes exigia que os funcionários das empresas trabalhassem sempre lado a lado, agora permitem que eles nem sempre atuem em conjunto. Cada vez mais, eles passarão a trabalhar fora dos escritórios. Por isso, precisam ter sempre à sua disposição uma solução tecnológica que lhes permitam acessar o software da empresa a partir de qualquer lugar. Para a equipe de TI, isso significa encontrar uma maneira de virtualizar os aplicativos e disponibiliza-los aos usuários com segurança e alta performance.

E então, o que acha de seguir a marcha para a mobilidade a apoiar esta tendência na sua empresa? Conheça a plataforma Auto.Sky da Sky.One e leve o seu negócio para a nuvem!