Chegamos enfim em 2017, com grandes perspectivas e oportunidades, especialmente nesse momento de crise. Para esse ano que começa, a cloud computing continua sendo apontada como principal ferramenta para o empreendedorismo digital e como solução viável na redução de custos operacionais e novos projetos das empresas.

Quanto ao fornecimento de serviços na nuvem, a Amazon permanece como gigante. Ao mesmo tempo teremos um crescimento espantoso das empresas migrando suas operações para a nuvem e o fortalecimento do uso de aplicativos para clientes finais.

Muito mais vai acontecer no transcorrer do ano para a tecnologia e os serviços de computação em nuvem, entretanto vamos listar neste artigo 5 tendências de cloud computing de mais destaque apontadas pelos especialistas da área.

1. Maior investimento em segurança e desempenho

Com o crescimento do uso da cloud computing por parte das empresas e usuários, e o surgimento de novos serviços, a tendência é que cada vez mais a segurança da nuvem seja colocada à prova. Os investimentos não devem ocorrer somente na prevenção dos ataques, mas também no tratamento dos incidentes.

Políticas de backup e recovery, balanceamento de carga e migração de sites precisam ser reforçadas e avaliadas frequentemente. É importante sempre destacar para as empresas que fornecem os serviços de nuvem e também para as que adotam, que é possível prevenir ao máximo um ataque, mas não se consegue evitá-los. Uma simples tentativa de invasão já pode comprometer o uso dos serviços e por isso a necessidade de se saber o que fazer nesses momentos de risco.

2. Maior oferta de serviços para vários nichos do mercado em nuvem pública

A tendência é que muitas empresas migrem suas soluções para nuvens públicas e passem a oferecer seus serviços ao mercado. E junto a essa migração devem surgir produtos inovadores e a diversificação de serviços.

A consolidação desse mercado para as empresas que oferecem seus softwares como serviço (SaaS) ocorre quando surgem plataformas de aplicativos e o acesso às soluções são adaptados a multi plataformas (PC, Smartphones e Tablets).

A infraestrutura como serviço (IaaS) é um dos pontos principais que facilitam a adoção da cloud computing pelas empresas, pois elas reduzem os custos associados à aquisição e manutenção de servidores, softwares, rede e segurança.

3. Maior adoção da nuvem privada e híbrida por empresas com serviços de risco e software crítico

Para algumas empresas, adotar as soluções de cloud computing gera algumas limitações por conta da natureza de suas operações. São serviços de risco, que necessitam de alta disponibilidade e softwares críticos, que além da necessidade de estarem sempre disponíveis, precisam ser resistente a falhas, evitando grandes prejuízos financeiros.

Normalmente são investimentos mais altos, mas o controle e a garantia de toda a operação fica sob responsabilidade das próprias empresas.

4. A continuidade de investimentos na infraestrutura para expansão da nuvem pública

É natural que os grandes players do mercado continuem investindo na infraestrutura de suas soluções. A importância desse ponto é que os investimentos não são limitados somente à manutenção da estrutura, eles são usados também para implementar novas tecnologias que possam reduzir ainda mais o custo para manter todo o parque computacional e reduzir impactos junto ao meio ambiente e o consumo de energia.

5. A migração para a nuvem deve ocorrer de forma fácil e segura

A tendência, como descrevemos anteriormente, aponta para a migração das empresas e serviços para as plataformas de cloud computing, em um processo que deve ser muito bem planejado e executado com total segurança. Nada de forma traumática, ou que coloque em risco as informações dos clientes ou causando prejuízos financeiros.

A mudança para a nuvem implica novas políticas de uso, segurança e principalmente suporte ao usuário, interno e externo. Independentemente do tipo de plataforma escolhida (pública, privada ou híbrida), o processo de migração precisa ser um trabalho que envolve todos os setores da empresa. Deve-se buscar também boas práticas, casos de sucesso e empresas com serviços especializados, pois elas aumentam consideravelmente as chances de sucesso.

Quais são suas expectativas diante dessas tendências? Seus planos para 2017 envolvem a migração para a nuvem? Aproveite os comentários e compartilhe suas dúvidas e opiniões. E não se esqueça de nos acompanhar aqui pelo Blog da Sky.One e também nas redes sociais.[:]