A saúde financeira de uma empresa diz muito sobre a sua capacidade de investimento no crescimento ou mesmo de pagamento dos credores, por isso, manter a saúde financeira no positivo deve ser uma prioridade para os Diretores Financeiros.

Para que uma empresa tenha um bom desempenho, a organização financeira é extremamente necessária, precisa ser simples e praticamente perfeita, entregando uma visão geral de como está a saúde da empresa para que ela possa tomar decisões de investimento. Mas afinal, existem dicas ou boas práticas que melhorem a saúde financeira das empresas?

Essa pergunta surge quando as empresas se dão conta de que estão sofrendo com vários obstáculos como a burocracia dos serviços bancários – gerando muita demora para ações até mesmo mais simples – e a falta de suporte dos gerentes de bancos. E lidar sozinhos com o volume de informações e documentações necessárias não é simples para os empresários.

Na prática, essa saúde financeira só será vista como positiva quando houver um equilíbrio entre o timing dos pagamentos que precisam ser realizados com o volume de receita captada. E para ajudar você, preparamos uma lista com 3 formas de como melhorar a saúde financeira da sua empresa. Confira!

3 maneiras de como melhorar a saúde financeira da sua empresa

Seguindo essa lista, você conseguirá aplicar as melhores ações para garantir números positivos na área financeira da sua operação e focar no crescimento da empresa.

1. Utilizar tecnologias que simplificam os processos financeiros

Existe um cenário comum que acontece nas pequenas e médias empresas. Geralmente, na intenção de buscar as menores taxas bancárias e financeiras, as organizações utilizam contas de diversos bancos diferentes. O problema surge no momento de gerenciar o fluxo de caixa, já que fica difícil ter uma visão geral da operação.

Afinal, onde cada movimentação foi realizada? Será que é melhor colocar uma parte dos recebíveis em uma conta e a outra parte em um segundo banco?

Com esse cenário, o software de gestão é sempre o escolhido para receber essas informações e realizar esse controle, mas não resolve a burocracia financeira e negociações bancárias que vêm pela frente.

Por isso, como primeira dica, você deve buscar por tecnologias e softwares que simplificam esses e outros processos financeiros. O ideal é contar com uma plataforma que se conecta com o seu software de gestão e aplica uma camada de inteligência para entregar o melhor cenário para o controle financeiro.

Como diferencial, você pode buscar opções que já estejam conectadas com instituições financeiras para utilizar linhas de crédito disponíveis. Assim, você não precisa ir de uma em uma para identificar as melhores taxas. A burocracia acaba com um processo totalmente digital.

2. Organizar os registros para diminuir as despesas

Quando falamos sobre como melhorar a saúde financeira da sua empresa, fica claro que diminuir as despesas é sempre um dos principais pontos que surgem nas discussões. Mas para que isso possa acontecer, o passo mais importante é manter uma organização completa dos seus registros da área criando um planejamento prévio.

Ao desenvolver essa espécie de plano, você pode identificar onde estão seus pontos fortes e fracos atualmente. E usando as ferramentas certas, você pode comparar seu desempenho ao longo do tempo para descobrir qual a melhor opção no momento.

Para acompanhar esses registros, no nível mais básico, você precisa de demonstrações financeiras completas para avaliar seu nível de despesas. Então a indicação é utilizar balanços e uma demonstração do fluxo de caixa para localizar tudo que pode ser ajustado em breve.

Depois de criar essa organização que facilita a identificação das despesas, você pode seguir com as seguintes ações:

  • Definir um plano de pagamento periódico para despesas maiores;
  • Mudar empresas de seguros, bancos ou fornecedores financeiros para obter um acordo de taxas melhor;
  • Alterar a quantidade de pagamentos para o período do mês em que está com o fluxo de caixa menor;
  • Mudar para fornecedores ou opções mais baratas para itens de consumo.

3. Recorrer a empréstimos para manter o fluxo de caixa positivo

Manter a saúde financeira de uma empresa positiva passa por sempre contar com saldo positivo na conta para realizar os pagamentos previstos. Isso significa a não aquisição de dívidas, que acontecem quando há atrasos nos pagamentos.

Se você entrou em crise financeira ou simplesmente não possui os meios para continuar com os pagamentos em dia, uma alternativa válida para melhorar a saúde financeira nesses momentos é buscar opções de empréstimo.

Há uma grande variedade de tipos de empréstimos que você pode solicitar, tendo em vista a natureza e o status financeiro do seu negócio. O caminho ideal então é entender melhor suas opções, pois elas poderão ajudá-lo a identificar as melhores alternativas, com as menores taxas, que podem servir ao objetivo que você precisa atingir no momento.

Aproveite para conhecer o Sky.Simple, plataforma que se conecta aos softwares de gestão, realiza análises financeiras entre empresas e instituições financeiras, resultando nas melhores taxas e agilidade em empréstimos.

Agora que você já conhece as principais dicas de como melhorar a saúde financeira da sua empresa, acompanhe o nosso blog e assine nossa newsletter para receber mais novidades sobre esse tema!