Provavelmente você já deve ter ouvido falar de Cloud Computing e Internet das Coisas como sendo duas tecnologias atuais. Contudo, o que pouca gente sabe é que ambas são grandes aliadas.

Acompanhe os detalhes a seguir e saiba porque a Cloud e a Internet das Coisas são inseparáveis.

Internet das Coisas: o futuro dos dispositivos

O conceito de Internet das Coisas (IoT) pode parecer novo para muita gente, no entanto, este tema já vem sendo explorado há alguns anos e nos últimos tempos ganhou maior notoriedade devido ao seu rápido avanço.

Esta tecnologia possui como princípio básico, conectar dispositivos à rede mundial de computadores para tornar o seu uso mais facilitado e até mesmo expandir as possibilidades de entrega de recursos aos usuários.

Para se entender melhor o conceito, basta observarmos alguns exemplos já existentes como: sensores que podem ser instalados em caminhões para controle de velocidade e localização de uma frota, fechaduras inteligentes que só abrem com um smartphone ou pulseiras que registram as atividades dos usuários como distância percorrida, velocidade, pulsação, entre outros.

Cloud Computing e o armazenamento de dados

Assim como a IoT, a tecnologia de Cloud Computing também está em plena expansão mundial devido as suas diversas vantagens que têm levado as empresas para um outro patamar tecnológico.

Hoje, os custos reduzidos, a facilidade e agilidade na escalabilidade e a segurança dos dados, são traços marcantes que fizeram a computação em nuvem se expandir mundialmente.

Além disso, o acelerado desenvolvimento tecnológico no qual a IoT é responsável, têm gerado um volume astronômico de dados que devem ser capturados, armazenados e transformados em conhecimentos para a humanidade. Assim a computação em nuvem entra em cena como um agente facilitador deste processo, ou em outras palavras, uma parceira inseparável da Internet das Coisas.

Nuvem e Internet das Coisas: uma parceria perfeita

A cada dia que passa, mais dispositivos se tornam conectados por sensores, fazendo comunicação uns com os outros. Mas se por um lado esta tecnologia tem sido muito favorável para pessoas e empresas, por outro lado, é impressionante a quantidade de dados que precisam ser armazenados para que tudo funcione conforme o planejado.

Deste modo, o uso de recursos em nuvem se torna necessário à medida em que a Internet das Coisas vai se tornando cada vez mais presente na realidade das pessoas. Assim a Cloud se mostra o recurso ideal para a armazenar e disponibilizar o grande volume de dados que precisam ser manuseados em tempo real.

Outro ponto importante em relação a parceria da Computação em Nuvem com a IoT é a segurança dos dados. Isto significa que a partir do momento em que passamos a contar com um ambiente de conectividade universal de dispositivos inteligentes, se faz necessário criar um ambiente seguro por onde a informação deverá ser trafegada. E se existe um ambiente onde se tem investido em segurança de ponta, este ambiente é a computação em nuvem.

Não há como negar que tanto a Cloud Computing, quanto a Internet das Coisas se tornaram tecnologias predominantes atualmente e representam tendências para o futuro.

E conforme vimos, ambas são interligadas em uma parceria onde cada uma possui o seu papel dentro do contexto de melhorar cada vez mais a interação dos dispositivos com os humanos. E o melhor de tudo é que isto não é mais uma futurologia, mas sim uma grande realidade.

Gostou da post? Confira mais artigos sobre este assunto em nosso blog.