Quando você ouve a palavra “virtualização” o que vem imediatamente em sua mente? Muitas pessoas pensam em um acúmulo de sistemas operacionais em uma só máquina e isso realmente representa um tipo de virtualização: a de hardware. Embora essa seja uma das virtualizações mais conhecidas, ela está longe de ser a única.

Virtualização é um ambiente virtual que consegue, de alguma maneira, simular o que é real. Nela é possível utilizar aplicativos diversos sem necessariamente estar na máquina no qual os aplicativos estão instalados.

Conheça três tipos de virtualizações que se você ainda não usou, certamente usará:

1. Virtualização de Hardware

É quando vários sistemas são rodados em uma só máquina. Isso facilmente é possível com o uso de programas específicos que conseguem gerar uma verdadeira máquina virtual. Tem-se como exemplo deles o Virtual Machines, ou VMs.

O interessante aqui é que se há alguma incompatibilidade entre sistema operacional e um aplicativo, por exemplo, isso é eliminado. Por exemplo, se a pessoa está em uma máquina na qual está instalado o Windows Vista e o aplicativo só roda no Windows XP, através da virtualização ela poderá usá-lo normalmente, como se tivesse o Windows XP em sua máquina.

2. Virtualização de Apresentações

É muito parecido com o programa de acesso remoto ou software de acesso remoto. Ele permite que em um computador, qualquer possa ser usado um determinado sistema operacional ou um aplicativo, sem que ele esteja realmente instalado na máquina. A diferença do programa de acesso remoto é que, nesse caso, várias pessoas podem usar o mesmo sistema remoto simultaneamente.

3. Virtualização de Aplicativos

Quem nunca se deparou com a incompatibilidade de um aplicativo com outro ou com o sistema operacional de uma máquina? Virtualizando os aplicativos isso é facilmente resolvido, pois ele será instalado em um servidor virtual e não em um computador e eliminará os problemas de compatibilidade.

Na verdade, a “computação na nuvem” é algo que já está presente na vida de diversas pessoas. A vantagem econômica é outro destaque que precisa ser ressaltado. A virtualização de servidores,  a virtualização de aplicativos e a virtualização da apresentação se ainda não estão em seu dia a dia mas certamente, logo estarão.

Você está preparado para virtualizar sua empresa?

Escrito por

Equipe Sky.One

Este conteúdo foi produzido pela equipe da SkyOne, composta por especialistas em nuvem e transformação digital.