Para produzir a segunda edição da lista, publicada em setembro de 2019, editores e cientistas de dados da rede social voltada para profissionais analisaram bilhões de ações de seus usuários. Integram a lista empresas com pelo menos 7 anos de atuação, mínimo de 50 funcionários e sede no Brasil.

Os critérios levados em conta na seleção foram:

  • Crescimento do número de colaboradores
  • Interesse em vagas publicadas na rede social
  • Engajamento dos usuários com a empresa na rede social
  • Funcionários que essas empresas atraíram e que trabalhavam em negócios que fazem parte da lista de Top Companies do LinkedIn

Conheça, agora, a lista das melhores startups para trabalhar no Brasil!

Melhores startups para trabalhar no Brasil, de acordo com o LinkedIn

1. Nubank

Com mais de 2000 funcionários, o Nubank, fundado em 2013, acumula rodadas de investimento. A mais recente, de 400 milhões, foi liderada pelo fundo CTV. Com ela, a startup pretende expandir as operações na América Latina para chegar aos 2800 colaboradores em 2020.

2. C6 Bank

Novo no mercado, o C6 Bank já é a segunda melhor startup para trabalhar no Brasil. A fintech, criada em 2018 e que desde 2019 tem autorização para oferecer serviços financeiros ao público, já tem mais de 500 funcionários, e planeja contratar outros 100 até julho de 2020.

3. Loft

Com 300 funcionários, a Loft foi fundada em 2018 e busca usar inteligência de dados para tornar a compra, a venda e a reforma de imóveis mais eficiente. A startup tem experimentado uma ascensão rápida: no início de 2020, tornou-se o primeiro unicórnio brasileiro do ano.

4. Neon

O Neon surgiu em 2016, em São Paulo, na onda das startups que oferecem cartão de crédito e contas digitais sem anuidade, e tem mais de 400 funcionários. A super fintech busca colaboradores apaixonados por tecnologia.

5. QuintoAndar

Com valor de mercado estimado em mais de 1 bilhão, o QuintoAndar integra o seleto grupo de unicórnios brasileiros com sua plataforma que tem como objetivo facilitar o aluguel de imóveis. Com 1200 colaboradores, o objetivo é adicionar mais 500 profissionais ao time até 2020.

6. Loggi

A startup de entregas Loggi também se tornou unicórnio. Ocupando o sexto lugar da lista de melhores startups para trabalhar, o objetivo da empresa é aumentar a cobertura no território brasileiro, além de fazer 5 milhões de entregas diárias até 2020.

7. Grow Mobility

A Grow foi criada pela fusão das startups Yellow e Grin no início de 2019. O objetivo é aumentar a oferta de patinetes elétricos e bikes em grandes cidades.

8. EmCasa

A EmCasa é uma construtech, investindo em tecnologia para facilitar transações imobiliárias. São mais de 100 funcionários, que passaram por um processo seletivo exigente: podem ser mais de 8 etapas até a aprovação.

9. Cobli

Tornar a gestão de frotas mais eficiente no Brasil é o objetivo da Cobli, que ganhou um prêmio de Harvard para negócios inovadores. Até o fim de 2020, o objetivo é abrir 150 novas vagas em diversas áreas.

10. Creditas

A Creditas, uma das empresas brasileiras agraciadas com um aporte do SoftBank, é especializada em crédito. Já são 1000 funcionários no Brasil, e a meta de contratação é ousada: recrutar mais 500 pessoas até a metade de 2020.

11. Warren Brasil

De Porto Alegre, a Warren Brasil usa robôs para gerenciar aplicações financeiras. São mais de 150 funcionários, e o objetivo é contratar entre 100 e 160 outros até a metade de 2020.

12. StartSe

Quem se informa sobre empreendedorismo conhece o StartSe. A plataforma de educação contínua par empreendedores tem 50 funcionários, fica em São Paulo e foi fundada em 2012. O perfil desejado pela décima segunda melhor startup para trabalhar no Brasil é o do profissional com alto nível técnico, inconformista e com mentalidade de dono.

13. CargoX

Conhecida como “Uber dos caminhões”, a CargoX tem entre seus clientes mais de 8 mil empresas brasileiras. Agora, o objetivo é expandir para países vizinhos, o que requer abrir cerca de 300 vagas. Atualmente, são 350 funcionários.

14. Sky.One Solutions

A empresa de soluções de computação em nuvem está expandindo e pretende dobrar o quadro de funcionários, que é de 115. Até julho de 2020, deve abrir entre 80 e 100 vagas.

15. KOIN

A KOIN oferece soluções financeiras criativas, como parcelar boletos bancários. São mais de 100 colaboradores na empresa, que tem sede em São Paulo e foi fundada em 2014.

16. Dengo Chocolates

A Dengo Chocolates, de São Paulo, foi criada em 2017 com uma proposta sustentável: vender chocolates a granel, sem embalagem. A startup ocupa a décima sexta posição na lista de melhores startups para trabalhar no Brasil.

17. Desinchá

A Desinchá ganhou as prateleiras de mais de 16 mil pontos de venda no Brasil. Mais recentemente, a startup criada em 2017 passou a operar nos Estados Unidos, com um escritório em Nova York.

18. Mooven Consulting

A consultoria de tecnologia Mooven Consulting abriu as portas de seu novo escritório em agosto de 2019. O espaço fica na Moema, em São Paulo, e tem o dobro do tamanho do anterior, para comportar o crescimento da startup.

19. Idwall

A idwall é uma startup de identidade digital fundada em 2016. Com cerca de 90 funcionários, a meta é criar 250 vagas até julho de 2020.

20. Zoop

A Zoop é uma startup de soluções de pagamento personalizadas. No ano passado, recebeu um aporte milionário, que usa para aumentar o quadro de funcionários. A sede fica no Rio de Janeiro e já são mais de 160 funcionários.

21. Xerpa

A Xerpa, startup de São Paulo criada em 2015, oferece serviços de RH para empresas e recebeu um investimento de 16 milhões em 2019. Na hora da contratação, tem um diferencial: o interesse por todas as formações. O mais importante é estar alinhado com a cultura da empresa.

22. MaxMilhas

A plataforma de compra e venda de milhas aéreas foca nas soft skills dos candidatos. Adaptação e flexibilidade, por exemplo, são pré-requisitos essenciais. Já são cerca de 400 funcionários na startup, fundada em 2012, em Belo Horizonte.

23. Contabilizei

A contabilidade online pretende aumentar em 50% o quadro de funcionários até o final de 2020 — atualmente, são 300. Fundada em 2013, em Curitiba, a startup, promete economia para os clientes.

24. Vita IT

Especialista na implementação de soluções de TI, a Vita IT foi criada em São Paulo, em 2012. Também conta com a VitaAcademy, focada na inclusão de jovens no mercado de trabalho.

Quer conhecer outras startups e conquistar uma vaga em um ambiente inovador?